Caso Cantu: Comissão Processante realiza oitivas e faz novas convocações

A Comissão Processante (CP) da Câmara Municipal de Pato Branco, que investiga suposta infração político-administrativa cometida pelo prefeito de Pato Branco, Robson Cantu (PSD), reuniu-se na terça-feira (23) para realizar as oitivas.

Na parte da manhã foram ouvidos Bruna Sokolowski, Cesar Augusto Vassolowski, Januário Koslinski, Fernanda Chioquetta e Fernanda Hupalo Koslinski; e na parte da tarde foram ouvidos Verônico Koslinski, Neivor Barro, Nilson Almeida (Canhoto) e Robson Cantu.

Novas oitivas

Com o término das primeiras oitivas, a Comissão realizou uma reunião de trabalho ainda na tarde de terça, onde ficou definido que novas oitivas serão feitas.

Marcadas para o dia 2 de dezembro, serão ouvidos na parte da manhã Heber Sutili, Pauliano Dlugoss, Werner Ildon Gerhardt e Augustinho Rossi; e na parte da tarde serão ouvidos Ivano Carniel, Luis Antonio Alves de Matos e Thais Fernanda Nunes.

Segundo o presidente da CP, vereador Dirceu Boaretto (Podemos), alguns dos novos nomes que serão ouvidos foram citados no vídeo e outros durante os depoimentos realizados nessa terça (23).

Comissão Processante

A Comissão Processante (CP), cuja composição conta com o presidente vereador Dirceu Boaretto (Podemos); a relatora, vereadora Thania Caminski (DEM); e o membro, vereador Rafael Celestrin (PSD), foi formada em virtude de formalização de denúncias, junto à Câmara de Vereadores de Pato Branco, pedindo providências, após o episódio envolvendo a divulgação de vídeo, encaminhado anonimamente aos vereadores e veículos de imprensa, acerca de conversas, supostamente ocorridas no Gabinete Municipal, entre o vereador Januário Koslinski (PSDB), o prefeito Robson Cantu (PSD) e outros participantes.