Política

Em São João, Clóvis Cuccolotto assume a prefeitura pela terceira vez

Cuccolotto (à esquerda) e Wiesenhutter (Crédito: Assessoria)

Após estar à frente da Prefeitura de São João entre os anos de 2005 e 2012, o veterinário Clóvis Cuccolotto (PSD), de 54 anos, volta a administrar o Município pelos próximos quatro anos. Dessa vez, junto com o vice, Valdir Wiesenhutter (PSD).

“Queremos trabalhar, nessa terceira gestão, qualidade humana. O foco em nossa gestão será bom atendimento, qualidade de serviço e eficiência na administração pública”, resume Cuccolotto.

O prefeito acrescenta que ele e o vice [empresário] vêm de iniciativa privada. “Queremos fazer a prefeitura trabalhar nos moldes de empresa privada, porém, não obtendo lucro. O lucro que queremos é a realização de serviços com qualidade e o bom atendimento a toda à população, porque quem paga o nosso salário [seja prefeito, vice, servidores] é a população”.

Início

De acordo com Cuccolotto, o início dos trabalhos está sendo “bastante problemático”. Ele informa que, no momento, está sendo levantada a “real situação da prefeitura nesse momento. Não tivemos acesso à toda a documentação durante o período de transição. Agora que estamos tendo”.

O prefeito diz que há mais de 100 funcionários, de vários setores, com férias vencidas. “Não foram pagos os 33%, então a gente já vem arcando com 33% de férias de toda a parte da Educação e do pessoal do Rodoviário. Enfim, são mais de 100 servidores públicos com as férias vencidas. Situação lamentável, mas é o que temos que enfrentar”.

Outro ponto que está sendo levantado nesse início de gestão, segundo o novo prefeito, é quanto à questão de financiamentos, que “temos certeza que passam de R$ 10 milhões”.

Gestão

Conforme o prefeito, a gestão Cuccolotto e Wiesenhutter vai focar na industrialização. “Como temos uma grande indústria em nosso município, que é a Coasul, a ideia é buscar junto a ela, no seu segmento, mais indústrias para São João. Também queremos fortalecer o comércio e as pequenas indústrias”.

Ele também destaca que vão buscar ser referência em Administração Pública. “Queremos fazer uma implantação moderna, gestão eficaz e inovadora. Começamos diminuindo os cargos de administração pública, sendo que hoje temos só quatro secretários. Com exceção do secretário de Saúde, os demais são todos funcionários públicos”.

Odair Chuta é o secretário de Saúde; enquanto que Educação, Cultura e Esportes, a responsável é Elenice Cristina Susko Ribeiro; Promoção Social e Direitos Humanos, Simone Minozzo Strapazzon; e o vice-prefeito, Valdir Wiesenhütter, é o secretário de Administração e Finanças.

Cuccolotto também é o responsável por Agricultura e Desenvolvimento Econômico, que passou a ser uma única secretaria.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima