Política

Flávio e Eduardo Bolsonaro posam sem máscaras ao lado de indígenas no Amazonas

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foram fotografados em uma aldeia indígena no Amazonas sem máscaras de proteção, uma das medidas de prevenção ao novo coronavírus. A foto foi publicada pelo presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, que também acompanhava a viagem, em rede social na segunda-feira, 21.

Além dos irmãos Bolsonaro, de Machado Neto e de membros da comunidade local, também aparecem na imagem Jorge Seif Junior, secretário de Aquicultura e Pesca, e o senador Irajá Abreu (PSD-TO). O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC-AM), também estava na visita, apesar de não aparecer na foto abaixo.

“Nada se compara ao nosso País quando o assunto é turismo de natureza, etnoturismo e sustentabilidade. Aqui na Amazônia 97% da área do estado são de florestas preservadas. Gastronomia indígena inclui raízes, caças, pescado e formigas, por sinal são uma fonte farta de proteínas e uma iguaria. Agradecer ao pessoal do batalhão ambiental que nos deu total apoio nessa missão”, diz a legenda da postagem.

Outras imagens publicadas no perfil do presidente da Embratur mostram os irmãos durante passeios de barco para a prática de pesca e na floresta. Em um vídeo publicado no perfil de Seif Junior, é possível ver outras fotos da visita à aldeia.

Uma outra imagem publicada no perfil do governador Wilson Lima mostra todo o grupo usando máscaras de proteção.

Ontem o presidente Jair Bolsonaro afirmou em seu discurso na 75ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) que os “indígenas e caboclos” eram os responsáveis por queimadas na região da floresta Amazônica.

Para cima