Na sexta-feira (2) foi sancionada a Lei nº 5.786, de 2 de julho de 2021, de autoria da vereadora Thania Caminski (DEM), de Pato Branco, que dispõe sobre a obrigatoriedade da inclusão do tema “Bem-estar animal e consciência de preservação do meio ambiente”, no conteúdo das escolas da Rede Municipal de Educação.

A vereadora destacou a importância da Lei, com o conteúdo sendo aplicado nas escolas, para que as crianças aprendam mais sobre os cuidados com os animais e a importância da preservação ambiental.

“Estou muito feliz com essa conquista, nós estamos criando uma nova geração de protetores dos animais e do meio ambiente, sou muito grata por fazer parte disso, um trabalho lindo e necessário para a nossa causa”, declarou Thania.

A lei foi sancionada pelo prefeito Robson Cantu, no gabinete municipal, com a presença da secretária municipal de Educação e Cultura, Simone Painim.

O conteúdo será implementado a partir do próximo bimestre e deverá ser ministrado, no mínimo, uma vez por mês, para os alunos do ensino fundamental. Ainda, os professores deverão ser capacitados anualmente sobre a temática.

Conceitos de vida

Segundo o projeto que deu origem à lei, o objetivo é “ampliar a visão dos alunos sobre amor, respeito e compaixão com todas as formas de vida que fazem parte do meio ambiente”.

Na justificativa a vereadora destacou que é de conhecimento de todos que “é na primeira fase de desenvolvimento do ser humano que ele absorve os conceitos de vida, e por isso é muito importante que todas as crianças possam crescer conhecendo os direitos dos animais e os deveres que nós, seres humanos, temos para com a natureza. Incluir temas relacionados à causa animal nas escolas é apenas a ponta de diversos outros assuntos que devem ser abordados e ensinados desde a infância, pois assim as crianças serão motivadas a respeitar a borboleta que pousa na flor do seu quintal, os pássaros nas árvores das calçadas, as águas, os rios, os cães e gatos da rua e a nós, seres humanos, pois tudo faz parte da natureza”.