Ministros do STF agem para evitar novos embates e não devem antecipar CPI do MEC

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) que está trabalhando nesta primeira quinzena de julho, durante o recesso do Judiciário, se mostra disposta a evitar novos embates políticos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.