Região

Cerca de 17 mil kits de merenda escolar são entregues a alunos de Palmas

A quantidade e o tipo de alimentos em cada kit, varia de acordo com o cardápio da semana em cada escola - Crédito: Prefeitura de Palmas

Semanalmente, o Município distribui alimentos a pais ou responsáveis de estudantes da rede municipal de ensino

Em Palmas cerca de 17 mil kits alimentares já foram entregues as famílias dos alunos da rede municipal de ensino. Os alimentos vêm sendo distribuídos aos estudantes desde o início da pandemia, quando um decreto do governo do Paraná suspendeu as aulas presenciais como forma de inibir o contágio do novo coronavírus.

Esses kits não são considerados uma cesta básica — composta normalmente por alimentos como feijão, arroz, farinha de trigo, macarrão, açúcar, óleo e café — pois, são produtos que seriam utilizados na merenda escolar das crianças, que em alguns dias são apenas lanches.

De acordo com a assessora da Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura, Rosângela Maria Stahlschmitt, cada semana o kit é composto por alimentos diferentes, que variam de acordo com o cronograma da merenda escolar. “Teve uma semana que a merenda seria cachorro quente. A criança ia comer [na escola] apenas uma unidade. Então, nesse caso, nós colocamos um quilo de salsicha e oito pães, por exemplo”, explicou.

Além do kit ser diferente toda semana ele varia entre cada unidade, devido a faixa etária dos estudantes. “Nos Cmeis, onde ficam os bebês, a maioria das vezes, além do leite para a mamadeira, os alimentos são sopas e frutas. Então, nós distribuímos o leite, a carne de frango para fazer a sopinha e a fruta”, contou.

Rosângela comenta ainda que a distribuição dos kits contribui para que os alimentos não sejam jogados fora. Pois, além de alguns produtos terem um prazo rápido de validade, o Município continua comprando, mesmo sem as aulas, mais alimentos, devido a licitações que tem em aberto.

Entrega

Nas quartas-feiras, todas as escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) de Palmas, abrem as portas aos pais e responsáveis dos estudantes para entregar as atividades escolares as crianças que não tem acesso à internet em casa para acompanhar as atividades online.

Associado a isso, as escolas também estão distribuindo os kits das merendas escolares. Conforme Rosângela, cada unidade de ensino tem o seu horário de funcionário, que pode ser verificado diretamente no Facebook da prefeitura do Município. Não é necessário agendar ou entrar em alguma lista de espera para retirar o kit de alimentos. O kit é entregue diretamente na escola onde a criança estuda.

No início, a Secretaria entregava uma média de 400 kits por semana. Atualmente, até 1.500 kits são distribuídos. “Aos poucos, a quantidade de itens em cada kit vem diminuindo, tanto pelo número de famílias que vem aumentando para pegar os alimentos, como também porque precisamos economizar. Não podemos ser irresponsáveis em uma época como esta em que a arrecadação diminuiu.”

Quem tem direito

A entrega dos produtos é feita semanalmente. Segundo a assessora da Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura, Rosângela Maria Stahlschmitt, todos os alunos matriculados na rede municipal têm direito ao kit, independentemente da classe social. “[O kit] ajuda. Tem pais que realmente precisam do alimento, assim como tem outros que não. Nós buscamos sempre conscientizar as famílias para que retirem os kits, quem realmente precisa.”

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima