Região

Comércio poderá reabrir em Francisco Beltrão na próxima segunda-feira

Em transmissão ao vivo pelo Facebook, o prefeito Cleber Fontana disse que foi encaminhada solicitação ao Ministério Público e que o Município aguarda parecer

O prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana, fez transmissão ao vivo pela página do Facebook do Município, na tarde de quarta-feira (8). Durante cerca de 30 minutos, ele fez esclarecimentos à população sobre vários tópicos relacionados ao coronavírus.

Um deles foi referente ao fechamento temporário do acesso ao Morro do Calvário. Segundo Fontana, é tradição que a comunidade visite o local, sobretudo na Semana Santa. 

Porém, como gera um grande fluxo de pessoas, o Município e a Diocese de Palmas-Francisco Beltrão decidiram por suspender todas as atividades religiosas no Morro. “Vamos fazer as orações em casa, ouvir as missas pelo Facebook e rádio”, convidou.

Comércio

Sobre a abertura do comércio, Fontana afirmou entender a situação dos comerciantes. Entretanto, ele disse da necessidade de que se aja com cautela. “Nesta quarta-feira recebemos alguns ofícios dos hospitais, com todos os dados necessários sobre a Covid-19. Enviamos ao Ministério Público, solicitando para que pudéssemos flexionar em relação ao comércio. Vamos aguardar o parecer do MP, para que vejamos como avançar nesse assunto”.

O prefeito lembrou que não é apenas Francisco Beltrão que está com o comércio fechado, mas vários outros municípios do País. “Sabemos da dificuldade em relação ao salário. Estamos trabalhando muito para antecipar a reabertura, já a partir de segunda-feira (13) e não aguardar os 12 dias, conforme o Decreto”, declarou, completando: “Precisamos entender que têm leis que precisamos que cumprir, recomendações da defensoria pública. Sem contar a responsabilidade que precisamos ter”.

Fontana também destacou que, pelo fato de Francisco Beltrão não ter neste momento casos internados no hospital e ter apenas um caso confirmado de coronavírus, “alguns acham que é necessário abrir o comércio. Mas precisamos pensar que são justamente essas medidas que estão evitando o desenvolvimento da doença”.

Testes rápidos e máscaras

Quanto aos testes rápidos para a Covid-19, Fontana informou que foram adquiridas 1.000 unidades neste primeiro momento, tendo em vista a alta demanda em outros municípios. “Estamos aguardando chegar nesta semana. Esses primeiros testes serão destinados sobretudo aos profissionais da saúde, mas nada impede que também sejam aplicados em pacientes”.

Outro ponto que o prefeito afirmou em seu pronunciamento foi em relação a aquisição de máscaras. A partir desta quinta-feira (9), segundo ele, o Município contará com 6.000 unidades, que serão distribuídas à população por meio dos agentes comunitários de saúde. 

“Agora será esta quantidade, mas já estão sendo produzidas mais para ser entregue à população. Quem quiser produzir em casa ou comprar, tudo bem. Mas vamos disponibilizar para que todos tenham acesso e utilizem, uma vez que funciona como barreira física, evitando que as gotículas de quando falamos carreguem o vírus contaminado a alguém”, observou, completando que em breve o Município vai disponibilizar material explicativo sobre o uso correto das máscaras. 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima