Região

Equipamento auxiliária na realização de exames de Covid-19

Um grupo de professoras da UTFPR Câmpus Dois Vizinhos participou recentemente de uma capacitação para operar um equipamento que deve contribuir para o enfrentamento da Covid-19 no município. O robô Promega Maxwell® automatiza o processo de extração de material genético que permite aumentar a quantidade de exames que identificam a infecção pelo novo Coronavírus. Segundo informações da universidade, o robô permite processar até 150 amostras por dia.

Adquirido em parceria com a Prefeitura Municipal de Dois Vizinhos e o Rotary Internacional, o equipamento estará disponível no Laboratório Multiusuário de Análises Biológicas e Biologia Molecular (BioMol) do Câmpus. A parceria vem sendo articulada desde o mês de abril. Empresas locais também contribuíram para a viabilização do laboratório.

Ainda segundo a universidade, a direção-geral do câmpus nomeou uma comissão para o planejamento, implantação e gerenciamento de adequações do Laboratório de Biologia Molecular para a realização de análises para detecção do Coronavírus Sars-Cov-2, resultando no projeto intitulado “Laboratório para Diagnóstico da COVID-19 por PCR em tempo real (RT- qPCR)”. A previsão é de que as análises comecem a ser realizadas em até 40 dias.

Cerca de R$ 700 mil foram investidos por meio da parceria, recursos que também foram utilizados para compra de equipamentos e insumos, como EPIs, e na reforma do laboratório para adequá-lo às normas da Vigilância Sanitária e do Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen).

Além do robô, também foram adquiridos outros equipamentos como Termociclador para PCR em tempo real; cabine de segurança biológica, equipamento de segurança para minimização de riscos durante o preparo das amostras potencialmente contaminadas; autoclave para esterilização de todo o material plástico utilizado no processo de diagnóstico; cabine de PCR, equipamento para realização de ensaios em ambientes estéreis para não haver contaminação cruzada; Centrífuga Refrigerada fundamental para preparação das as reações de RT-PCR; Ultrafreezer e insumos, reagentes e EPIs suficientes para no mínimo 900 testes iniciais.

Os equipamentos estão em processo de entrega. O laboratório contará com o trabalho de 20 pessoas, entre professores e alunos tanto de graduação quanto de mestrado.

Segundo informações da universidade, também será possível realizar outros exames no laboratório, como dengue, meningites, ISTs, doenças hereditárias, identificação de vírus, bactérias, parasitas de interesse sanitário, ecológico e econômico; estudos de expressão de genes de interesse comercial ou ambiental, entre outros. “A implantação deste laboratório na UTFPR-DV resultará em um ganho imensurável para Dois Vizinhos e região, pois atenderá uma demanda atual iminente e estará preparado para outras demandas após a pandemia, uma vez que a infraestrutura instalada poderá ser aplicada em inúmeras outras análises importantes em projetos de pesquisa realizados no Câmpus, em diversas áreas, visando o desenvolvimento local e regional”, afirma Everton Lozano, diretor-geral do câmpus Dois Vizinhos.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima