Região

Gaeco deflagra operações Manuscrito e Paiol no Sudoeste

Na manhã desta quinta-feira (27), o Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), núcleo de Francisco Beltrão e a Promotoria de Justiça de Dois Vizinhos, com o apoio da Polícia Civil (5ª SDP, 19ª SDP, Denarc e GOA) e da Polícia Militar (3º BPM e 21º BPM), deflagraram as operações Manuscrito e Paiol.

Segundo o delegado do Gaeco, Nilmar Manfrin, as operações têm como alvo integrantes de facção criminosa com estruturação nacional e que tem atuação no Sudoeste. Nesta quinta foram cumpridos 29 mandados de prisão preventiva e 23 mandados de busca e apreensão domiciliar nos municípios de Francisco Beltrão, Pato Branco, Palmas, Dois Vizinhos, Capanema e Realeza no Sudoeste e ainda em Piraquara.

De acordo com o Gaeco, Manuscrito foi deflagrada após no final do mês de abril, ter sido preso em flagrante um integrante do grupo pelo crime de tráfico de drogas. Na ocasião foi apreendida uma planilha, escrita a mão, com anotações que remetiam ao cadastro da facção criminosa. Ao longo desses quatro meses foram identificados todos os principais líderes do grupo na região Sudoeste, que é responsável pela prática de diversos crimes graves na região, como homicídios, roubos e tráfico de drogas, entre outros.

Já a operação Paiol busca identificar e prender especificamente os integrantes da mesma facção criminosa pertencentes ao quadro do “paiol”, que é responsável pela guarda e acautelamento das armas de fogo pertencentes à organização criminosa.

Ambas as operações buscam ainda apurar tráfico de drogas e associação para a prática do tráfico na região sudoeste do Estado do Paraná. O Gaeco deve dar mais detalhes das duas operações ao longo deste amanhã.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima