Governo lança edital para licitação de parte da PR-280

Nesta terça-feira (13), o Departamento de Estadas de Rodagem do Paraná (DER-PR), lançou o edital para a concorrência da obra da PR-280 trecho entre a BR-153, no trevo de General Carneiro, a cidade de Palmas, passando pelo parque eólico no Horizonte.

No trecho, como o governador Ratinho Junior anunciou neste ano, a restauração será com pavimentado de concreto, tornando assim, a extensão de quase 60 quilômetros, o primeiro do Estado com este tipo de pavimento.

De acordo com o edital, a abertura das propostas será realizada em 26 de novembro.

Ainda segundo o governo, a segunda etapa da obra, que deve garantir a rodovia ampliação da capacidade de tráfego, com terceiras faixas e melhoria da sinalização viária. Esta etapa é a que compreende o intervalo de Palmas a Marmeleiro.

“A revitalização da PR-280 é um compromisso do nosso governo. A rodovia é estratégica para a economia paranaense e estamos trabalhando para torná-la mais moderna e segura”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior.  

No total, as obras para recuperação da rodovia são estimadas em R$ 171 milhões, recursos que virão do contrato de financiamento de R$ 1,6 bilhão, assinado em setembro pelo Governo do Paraná com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal. 

Concreto

O secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, explica que é a primeira vez que o Estado utiliza a técnica de whitetopping. “Vamos reconstruir o trecho entre Palmas e Horizonte [trevo BR-153] com concreto. É um investimento que talvez ultrapasse R$ 100 milhões e é o primeiro do programa Avança Paraná, anunciado em setembro pelo governador”, diz, definindo a obra da PR-280 como prioritária. 

A técnica de whitetopping consiste no uso de concreto para a reabilitação de pavimentos asfálticos deteriorados, aumentando a qualidade da obra e a durabilidade do pavimento. Enquanto o recapeamento com asfalto comum dura em média cinco anos, com o whitetopping a durabilidade pode chegar a 30 anos.  

O secretário ainda fala em “compromisso com a [PR]280 e com a região”, afirmando também que no cronograma novo edital deve ser lançado, para o restante da rodovia. “É um compromisso nosso aqui da Infraestrutura com a região, claro que temos um prazo legal que vamos ter que cumprir e peço a atenção do motorista e a paciência, mas muito em breve essas décadas de sofrimento, ficarão no passado.”

Trecho crítico

Os quase 60 quilômetros anunciados, são considerados críticos pelo Estado. Historicamente neles foram registrados uma série de acidentes graves, além de computados diversos prejuízos financeiros aos usuários da via.

Em 2017, quando o governo da época, já comentava a necessidade de melhoria da rodovia, o Diário do Sudoeste lembrou que construída na década de 1970, a rodovia resistiu como pode ao tempo, sem nenhuma ação com melhorias efetivas.

Na mesma ocasião, uma equipe do Diário percorreu a via, e relatou a realidade das borracharias da beira de estrada.

Na ocasião, Antônio Cochinski, que trabalhava em uma borracharia no Rincão em Clevelândia, há 6 anos, descreveu as recorrentes reclamações dos clientes, que revelavam as dificuldades de trânsito de Pato Branco ao Horizonte em Palmas. “Na real, nesses 6 anos, ela (rodovia) nunca esteve boa”, disse o borracheiro na ocasião.

Foi perante um cenário parecido ao de 2017, que o deputado Luiz Fernando Guerra convidou o governador Ratinho Junior para percorrer de carro a principal rodovia do Sudoeste.

Nessa terça, o deputado recebeu do governador mensagem parabenizando pela ajuda no trabalho para a melhoria da via.

Guerra afirmou que a região vive um “momento histórico. Esperávamos por isso por pelo menos 40 anos, sem contar a segurança para todos que trafegam pela rodovia”, pontuou também recordando as incontáveis mortes registradas no trecho que passa por licitação e o alto fluxo de veículos pesados, que por lá trafegam.