Região

Microrregião aplicou 14.555 doses de vacinas contra covid-19

Créditos: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Deste total, 9.914 pessoas receberam a primeira dose e 4.641 foram vacinados na segunda dose

Júlia Heimerdinger

Atualmente o Brasil vive o pior momento da pandemia, e no sudoeste do Paraná não é diferente. Além de todas as medidas de prevenção contra covid-19, como distanciamento social, uso de máscara e álcool gel, a vacina, é a única opção de frear os números de casos e óbitos.

Mesmo tendo iniciada em meio a divergências políticas e ideológicas, a vacinação segue em passos lentos, e a explicação é uma só, não há imunizantes disponíveis neste momento para atender a população brasileira.

A isso também se soma o fato de que o governo federal, não abriu canais de comunicação para a aquisição imediata dos imunizantes, e somente agora, um ano após o primeiro caso de covid-19 no Brasil, é que existe a movimentação e condução legal, para que estados e municípios adquiram as doses.

Enquanto isso, na base da pirâmide a população quase que vê as doses chegando em conta gotas, e alimentando assim a esperança de chegar o seu momento de imunização.

Um exemplo claro da escassez das doses repassadas pela União, aos Estados e por sua vez aos municípios, é de que nesta semana, o Paraná recebeu mais de146,8 mil.

Em seu plano de distribuição aos municípios, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), encaminhou na noite dessa quinta-feira (4), 1.390 doses para os municípios que integram a 7ª Regional de Saúde (RS). As doses serão destinadas para imunizar idosos, entre 80 e 84 anos.

Pato Branco receberá o maior número de doses (410), seguido por Coronel Vivida e Palmas (150 cada), Chopinzinho (120), Clevelândia (110); e Itapejara D’Oeste e São João (80 cada).

Mangueirinha receberá 70 doses; enquanto Mariópolis, Saudade do Iguaçu e Vitorino (40 cada); Honório Serpa e Sulina (30 cada); e Bom Sucesso do Sul e Coronel Domingos Soares (20 cada).

Vacinômetro Microrregião

Da mesma forma que o Estado se articula para realizar a entrega dos imunizantes, os municípios buscam garantir a vacinação daqueles que integram a primeira etapa do Plano Nacional de Vacinação (PNC), e por consequência, o plano estadual, mesmo de fato não existindo um cronograma, tudo por consequência da falta de vacinas.

Dados repassados pelas secretarias municipais para a 7ª RS, e que foram disponibilizados ao Diário do Sudoeste, apontam que até o momento 9.914 pessoas receberam a primeira dose de imunização nos 15 municípios da regional. Destes, 4.641, já receberam a segunda dose.

Em Bom Sucesso do Sul foram enviadas 102 vacinas na primeira dose e 42 na segunda dose, ao todo foram 126 doses aplicadas no município. Os trabalhadores da saúde representam uma população de 63 pessoas, na primeira dose a cobertura foi de 73,02%, já na segunda foi de 30,16%. Foram 61 idosos receberam a primeira dose no município.

Chopinzinho recebeu ao todo 1.432 doses, foram 881 destinadas para a primeira dose e 551 na segunda. São 385 funcionários da área da saúde no município, na primeira dose 296 foram vacinados, já na segunda foram 166 imunizados. A população indígena representa 289 pessoas e 274 foram imunizadas na primeira e segunda etapa, totalizando 94,81% na cobertura de vacinação. Além disso, 309 idosos receberam a primeira dose do imunizante.

Foram 916 doses destinadas para o município de Clevelândia. A população de trabalhadores da saúde representa 270 pessoas, sendo que 192 foram vacinados na primeira dose, já receberam a segunda dose 97 pessoas. Idosos e funcionários de Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) totalizam uma população de 40 pessoas e 38 receberam a primeira dose e 34 na segunda.

A cobertura da vacinação em indígenas representa 75,81%. Do total de 62 indígenas, foram 47 imunizados na primeira e segunda etapa. O número de idosos totaliza 212 na primeira dose.

Coronel Domingo Soares recebeu 242 doses de vacina contra covid-19, destas 161 foram destinadas para a primeira dose e 81 na segunda aplicação. A população de trabalhadores da saúde representa 144, de um universo de 91 vacinados na primeira dose, 51 receberam a segunda imunização. Ao todo, 68 idosos foram vacinados com a primeira dose no município.

Coronel Vivida obteve 1.860 doses, destas 1.135 foram para a primeira dose e 725 para a segunda. O município possui 408 indígenas e imunizou 320 nas duas doses, a cobertura da vacinação nesse grupo prioritário representa 78,43%.

Foram vacinados até o momento, 352 idosos na primeira dose, destes 20 idosos com 90 anos ou mais já receberam a segunda dose.

Em Honório Serpa foram 230 doses recebidas, 160 para a primeira dose e 70 para a segunda. O município possui 114 trabalhadores da área da saúde, destes 80 foram imunizados na primeira dose e 39 já receberam a segunda dose. Ao todo foram 64 idosos que receberam a primeira dose no município.

Itapejara D’Oeste recebeu 564 doses de vacina contra covid-19, — 392 vacinas para a primeira dose e 172 para a segunda. O município conta com 287 funcionários de saúde, deste total 185 foram vacinados com a primeira dose e 101 com a segunda. O número de idosos imunizados é de 150 pessoas, destes 30 com 90 anos ou mais já receberam a segunda dose.

Em Mangueirinha foram 1.093 vacinas recebidas para a primeira dose e 863 destinadas para a segunda a imunização, totalizando 1.956 doses para o município.

São 348 funcionários da área de saúde, destes 369 foram vacinados com a primeira dose e 293 com a segunda dose, que representa uma cobertura de 84,20% nesse grupo prioritário. Ao todo 95 idosos receberam a primeira dose da vacina no município.

Maior população indígena do Sudoeste, 505 moradores das aldeias de Mangueirinha receberam as duas doses da vacina.

Mariópolis recebeu 173 vacinas para a primeira dose e 73 para a segunda, contabilizando 246 doses para o município. Ao todo são 94 profissionais da área da saúde, — 78 receberam a primeira dose, e 29 já receberam a segunda dose. Além disso, 50 idosos foram imunizados com a primeira dose em Mariópolis.

Em Palmas foram 1.570 vacinas para a primeira dose e 1.050 para a segunda, somando 2.620 doses. O grupo prioritário de trabalhadores da área da saúde tem até o momento uma cobertura de 66,53%, na primeira dose. São 971 trabalhadores, e 646 receberam a primeira dose e 282 a segunda.

Dos 521 indígenas em Palmas, 375 foram vacinados nas duas doses (71,98%). Ao todo 313 idosos receberam a primeira dose no município.

O município de Pato Branco foi o que mais recebeu doses, foram 3.542 na primeira dose e 2.152 na segunda, totalizando 5.694 vacinas. Ao todo são 3.222 trabalhadores da saúde, destes, 2.444 receberam a primeira dose, o que representa uma cobertura de 75,85%. Já na segunda dose foi aplicada em 1.366 profissionais deste segmento.

Idosos e funcionários de ILPI, somam 63 pessoas vacinadas, destes apenas dois não receberam a segunda dose.

Pelas campanhas de imunização, 1.106 idosos foram vacinados na primeira dose, deste total a faixa etária com maior imunização é a de 80 a 84 anos, com 530 pessoas.

São João recebeu 500 doses ao todo, — 350 para a primeira dose e 150 para a segunda. O município possui 197 profissionais da área da saúde, — 137 foram vacinados com a primeira dose e 70 imunizados com a segunda. O que representa uma taxa de cobertura de 35,53% nesse grupo prioritário. Foram 171 idosos vacinados com a primeira dose de vacinação.

Foram enviadas 238 doses de vacinas contra covid-19 para Saudades do Iguaçu, — 169 destinadas para a primeira dose e 69 para a segunda. Dos 112 profissionais de saúde, 79 receberam a primeira dose, e 39 a segunda. Ao todo foram 64 idosos vacinados com a primeira dose.

Sulina recebeu 107 vacinas para a primeira dose e 47 na segunda, totalizando 154. Foram 39 profissionais da saúde vacinados com a primeira dose e 17 com a segunda, ao todo a população desse grupo prioritário representa 51 pessoas. Sulina imunizou 71 idosos com a primeira dose da vacinação.

Foram destinadas para Vitorino 380 imunizantes, — 212 para a primeira dose e 92 para a segunda. O município possui 146 trabalhadores em saúde, destes 97 foram vacinados com a primeira dose e 48 com a segunda. Vitorino imunizou 70 idosos com a primeira dose.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima