Geral

Novo brechó e entrega de próteses externas marcam abertura do Outubro Rosa no Gama em Pato Branco

Entregas das primeiras próteses externas, confeccionadas no próprio Gama (Crédito: Paloma Stedile)

Assim como tradicionalmente ocorre na Associação dos Amigos de Prevenção do Câncer – Grupo de Apoio a Mama (Gama), em Pato Branco, na tarde de quinta-feira (1º) iniciou a programação alusiva ao Outubro Rosa — movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama.

Na oportunidade, houve o lançamento do projeto de confecção de próteses mamárias externas do Gama, destinadas às mulheres que passam ou passaram pelo câncer de mama.

Para que fosse possível, cinco voluntárias viajaram no início deste ano para Apucarana, situado no centro-norte do Paraná [onde já vinha sendo feito esse tipo de produto, pela Associação de Senhoras de Rotarianos (ASR)], a fim de aprender e implantar também em Pato Branco.

A ideia, segundo Lucineti da Silva Cordeiro, coordenadora das voluntárias do Gama, era começar a produção logo em seguida. Porém, devido à pandemia de covid-19, o projeto passou a ser implantado no Grupo de Apoio em agosto. Ontem, oito mulheres foram contempladas com esse sutiã especial.

Materiais

Eles são confeccionados com malha de algodão (fio 18), adquirida pelo próprio Grupo de Apoio a Mama. Já os enchimentos são de polipropileno [plástico cortado em tamanho semelhante aos de grãos de arroz], oriundos de doação da empresa Implasul, de Pato Branco, a qual colaborou com 100 kg da matéria-prima.

Conforme Lucineti, as próteses vão dos tamanhos 36 até 54, sendo que os pesos dos enchimentos variam entre 230 e 900 gramas. Cada usuária recebeu um sutiã, gratuito. Assim, aumentando o conforto e a autoestima nesse período delicado.

“É uma prótese leve, lavável, que se encaixa perfeitamente em um sutiã. Esse sutiã estamos fazendo aqui também. Então elas recebem o kit de prótese e sutiã, com o número conforme o que usam”, afirma, completando que as próteses externas são na cor chocolate e têm durabilidade entre dois e três anos.

Assim como as primeiras contempladas com a prótese [que deixaram o nome e tamanho previamente com o Gama], o projeto também atenderá todas as demais mulheres do Sudoeste, que passaram pela mastectomia, tenham interesse e entrarem em contato com o Gama.

Durante o evento, inclusive, foi anunciado que as mulheres dos municípios atendidos pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de São Lourenço do Oeste também terão acesso às próteses externas. “As demais interessadas da região podem vir até o Gama ou entrar em contato pelo telefone: (46) 3223-1181”, destaca Lucineti.

Ângela Santos é costureira, moradora de Pato Branco, tem 48 anos e está em tratamento de câncer pela segunda vez. Ela é uma das voluntárias que se deslocou até Apucarana para aprender como se produz as próteses externas. Também foi uma das contempladas com o sutiã.

“Me sinto bem com a prótese, me movimento normalmente. As pessoas olham e não sabem identificar qual é a mama verdadeira. Isso nos dá autoconfiança, faz um bem enorme. Ao melhorar, com certeza vou poder ajudar a fazer mais próteses, para outras pessoas também poderem usá-las. Porque só quem passa pelo câncer, sabe o que é”.

Brechó

Além disso, durante a abertura da programação foi anunciada a construção da estrutura própria do brechó do Gama. Até então, ele funciona em uma casa anexa à associação, locada exclusivamente para essa finalidade.

“Tendo em vista o alto volume de peças doadas, que recebemos para serem comercializadas no brechó, o local é pequeno e não comporta mais. Inclusive, às vezes, usamos o anfiteatro”, afirma a presidente do Gama, Marlene Schenatto.

Ela informa que serão utilizados quatro contêineres para a obra de dois pisos, que terá cerca de 110 metros quadrados. Segundo a presidente, a estrutura está em fase de licitação e o início da construção previsto para janeiro de 2021.

Programação Gama

A programação do Outubro Rosa do Gama segue no sábado (3), com participação às 11h, no programa TV Total da TV Sudoeste. Na terça-feira (6), às 19h30, com celebração da Santa Missa na Igreja Matriz São Pedro Apóstolo e a participação do Coral da Superação.

No dia 14, às 19h, o Coral da Superação também estará presente no Projeto Esther, da Igreja Comunidade Cristã Vida para os Povos. Na oportunidade haverá testemunho de algumas pessoas que passaram pelo câncer.

Por fim, no dia 28, às 14h, ocorrerá a Roda da Superação, com Adriano Ruaro, que abordará o tema: “Tratamento com laserterapia em pacientes com mucosite oral”.

Além disso, a associação está fazendo palestras com empresas, contando como funciona o Gama e apresentando alguns casos de superação. Agendamentos, com número limite de participantes em prevenção a covid-19, podem ser feitos pelo telefone: (46) 3223-1181.

São Lourenço do Oeste

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de São Lourenço do Oeste esteve presente no evento. O grupo, que existe há 16 anos e possui cerca de 60 voluntárias, também realizará eventos alusivos ao Outubro Rosa.

Conforme Torli Bamberg, presidente da Rede Feminina, a abertura da programação será neste sábado (3), às 19h30, na igreja matriz, com a celebração da Santa Missa, que contará com a presença de voluntárias.

Durante todo o mês, serão intensificados os exames preventivos, nas terças e quintas-feiras, no período da tarde; e aos sábados, pela manhã, na própria casa de apoio, em parceria com o Município.

“No dia 16, teremos a aprovação do nosso estatuto, que é muito importante, referente às melhorias nas condições de trabalho, que ampliará o nosso trabalho. Dia 23 teremos carreata, às 16h, substituindo as caminhadas que fazíamos todos os anos. Sairá da casa de apoio, vai até o trevo do Santa Catarina e retornará até a casa. E, no dia 30, haverá juramento de novas voluntárias. Inclusive, já temos 12 que estão se prontificando para somar à equipe e melhorar a condição de atendimento às pessoas que necessitam”, explica.

Torli acrescenta que, a partir da próxima segunda-feira (5), serão retomados os atendimentos individualizados de reiki, drenagem linfática, aplicação de bandagens e psicologia. “Ainda, durante a programação, teremos muitas lives e vídeos gravados, conscientizando as pessoas para fazerem seus exames e cuidando da sua saúde”.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima