covid-19

Primeiro caso de covid-19, em terras indígenas, é registrado no Sudoeste

O paciente é um homem com cerca de 40 anos de idade, que vive na Aldeia Palmeirinha do Iguaçu, situada em Chopinzinho. Na terra indígena vivem cerca de 500 pessoas

No fim da tarde desta segunda-feira (27), a Aldeia Palmeirinha do Iguaçu, situada em Chopinzinho, divulgou o primeiro caso de coronavírus em comunidade indígena no Sudoeste.

De acordo com o cacique da aldeia, Claudio Xiju Verissimo, a pessoa que contraiu a covid-19 é um homem, com cerca de 40 anos de idade, que não apresenta nenhuma comorbidade.

Conforme o cacique, o homem, que recebeu o resultado do exame ainda na última quinta-feira (23), contraiu o coronavírus através de um familiar próximo que esteve em São Paulo e se contaminou, e ao retornar para o Município, acabou transmitindo o vírus ao indígena. O paciente não apresenta nenhum problema de saúde e está isolado em sua residência.

Recentemente, o Diário do Sudoeste noticiou como as três terras indígenas da região estão se cuidando durante este período de pandemia. Em conversa com o Diário, os chefes das terras informaram que a maior preocupação era que a doença chegasse até as aldeias, pois, segundo eles, os indígenas costumam andar sempre juntos, o que pode acelerar o contágio nos locais.

Verissimo, assim como os outros caciques, informou que a aldeia vem tomando todas as medidas de prevenção ao coronavírus, como isolamento social, uso de máscaras e álcool gel e a proibição de terceiros no local. “Porém temos um grupo de 40 pessoas que saem todos os dias para trabalhar fora da aldeia. Para esses indígenas, solicitamos junto as equipes de saúde do município o teste para o vírus”, disse.

Conforme o cacique, 160 famílias [população aproximada de 500 pessoas] residem na Aldeia Palmeirinha do Iguaçu.

Em Chopinzinho, município onde está situada a aldeia, existem 24 casos confirmados. Destes, 19 estão recuperados, um evoluiu a óbito e o restante encontra-se em isolamento domiciliar, conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde, divulgados ainda na tarde de hoje.

Covid-19 na região

Um levantamento de dados feito pela equipe de reportagem do Diário do Sudoeste, diretamente com as Secretarias Municipais de Saúde dos 42 municípios da região, apontou para 2.467 casos confirmados de coronavírus no Sudoeste.

Destes, de acordo com o levantamento, 1.676 pessoas já estão recuperadas e 43 tiveram seu estado de saúde agravado com a doença e evoluíram a óbito.

Entre os 42 municípios da região, Francisco Beltrão [396], Pato Branco [374], Capanema [270], Coronel Domingos Soares [217], Planalto [154], Clevelândia [144], Marmeleiro [108] e Dois Vizinhos [103] são os que mais registram casos da doença. Juntos, totalizam 1.766 casos e   23 óbitos.

Boletim estadual

O boletim epidemiológico, emitido pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), na tarde de ontem, informou a existência de 2.063 casos confirmados de coronavírus no Sudoeste — 404 a menos do que os dados atualizados locais. Destes, de acordo com a Sesa, 1.037 [estão recuperados e 43 evoluíram a óbito.

Assim como os dados municipais, o boletim estadual aponta para um maior número de casos na microrregião de Francisco Beltrão [área de abrangência da 8ª Regional de Saúde].

Clique para comentar
Para cima