Agropecuária

Qualidade e rastreabilidade do leite são temas de hackathon, no Sudoeste

Assessoria

O desenvolvimento de ideias e soluções inovadoras nas áreas de rastreabilidade e qualidade do leite é o objetivo do Hackathon Digital – InMove Cresol. A maratona será realizada de forma virtual, em função da pandemia, em parceria com o Sebrae/PR, nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro. As inscrições são gratuitas e podem ser efetuadas pelo site (http://conteudo.cresol.com.br/hackathon).

Podem participar universitários, designers, programadores, especialistas do tema, entusiastas e todos que tenham interessem em empreender. As equipes podem ter de três a quatro integrantes. A metodologia do hackathon pretende proporcionar aprendizado, por meio da criação e compartilhamento de conhecimentos relacionados à cadeia produtiva do leite, com tecnologias e inovações aplicáveis.

Antony José Garcias Sganzerla, analista de inovação da Central Cresol Baser, explica que a intenção é apoiar os produtores de leite e os laticínios da região, proporcionando ideias e soluções para melhorar a qualidade do leite.

“O tema foi escolhido em conjunto com especialistas da nossa região, que já é maior bacia leiteira do Paraná. Com melhor qualidade do leite, a produção de queijos poderá ter maior valor agregado”, exemplifica Antony.

Elizandro Ferreira, consultor do Sebrae/PR, comenta que ter a Cresol como parceira fortalece ainda mais o ecossistema de inovação do Sudoeste.

“O hackathon, assim como outras ações do programa InMove, propicia a conexão de demandas reais dos produtores e laticínios com os ativos tecnológicos, para desenvolver soluções e gerar resultados por meio de processos de inovação”, frisa Elizandro.

Aceleração
As duas equipes melhores colocadas serão premiadas com visita técnica ao Polo de Inovação de Florianópolis (SC). Elas também estarão inscritas nos programas de pré-aceleração e aceleração do InMove, ciclo 2021, assim como a terceira equipe classificada. Também estão programadas interações com o ecossistema regional da indústria do leite.

“Com o InMove, programa de inovação aberta, a Cresol quer criar um ambiente favorável para que as soluções sejam colocadas em prática”, encerra Antony Sganzerla.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima