Sudoeste ultrapassa 6.400 casos confirmados de coronavírus

Com 14 novos casos confirmados entre os municípios de abrangência da 7ª Regional de Saúde e 65 entre os municípios pertencentes à 8ª RS, entre sábado (5) e domingo (6), o sudoeste do Paraná chega a 6.410 pacientes positivados para o coronavírus.

As informações são da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), por meio do informe epidemiológico divulgado na tarde de hoje.

Os novos casos são dos seguintes municípios da 7ª RS: Chopinzinho [1], Clevelândia [7], Coronel Vivida [1], Itapejara D’Oeste [2] e Pato Branco [3].

Entre os municípios da 8ª RS, por sua vez, os pacientes positivados são dos seguintes: Ampére [2], Bom Jesus do Sul [1], Cruzeiro do Iguaçu [2], Dois Vizinhos [23], Enéas Marques [1], Francisco Beltrão [25], Nova Esperança do Sudoeste [3], Pérola D’Oeste [1] , Salto do Lontra [4], Santa Izabel D’Oeste [1] e São Jorge D’Oeste [2].

Quanto os pacientes recuperados da covid-19, nas últimas 24h não houve alteração. Ou seja, dos 6.410 casos confirmados, 4.378 não têm mais o vírus (o que corresponde a 68%).

O número de óbitos na região também não aumentou entre sábado e domingo, mantendo-se em 105. Já os casos investigados é de 521.

É importante destacar que os números do Estado, em alguns casos, se divergem dos relatórios emitidos pelos municípios.

Como exemplo, Pato Branco, o qual — no boletim divulgado hoje pela Secretaria Municipal de Saúde — apresentou que confirmou [desde o mês de março] 794 casos. Já no informe epidemiológico da Sesa, por outro lado, consta que o mesmo município tem 762 pacientes positivados.

Outra situação é referente ao número de óbitos. Em Clevelândia, por exemplo, a Secretaria Municipal de Saúde divulgou, na tarde deste domingo, que uma mulher de 48 anos, a qual era hipertensa, infelizmente veio a óbito. Com isso, chegando a nove mortes pelo coronavírus. Contudo, no informe da Sesa consta que houve oito óbitos no mesmo município.

Nesses casos, no decorrer dos próximos informes epidemiológicos da Sesa as informações devem constar nos relatórios emitidos pelo Estado.