Saúde

CPM no pós-operatório das próteses de quadril, joelho e tornozelo e cirurgias ligamentares

Uma das fases mais importantes para o sucesso de um procedimento cirúrgico na ortopedia é o pós-operatório. É preciso seguir a risca as recomendações médicas, que incluem tratamento fisioterapêutico para a retomada dos movimentos da melhor maneira possível.

O aparelho CPM (Movimentação passiva contínua) é utilizado no tratamento pós-operatório de quadril, joelho e tornozelo com a finalidade de intervir precocemente para ganho  da amplitude de movimento normal. 

Para isso, o CPM faz o movimento passivo da articulação durante o tempo pré-determinado pelo profissional. É possível regular a velocidade, bem como os  graus de flexo-extensão e rotação de cada articulação.  

Através deste aparelho obtemos  uma recuperação mais rápida dos movimentos, com menor intensidade de dor e edema, acelerando a recuperação do paciente e oferecendo maior conforto  durante o período da reabilitação. 

Por ter o conhecimento de que este aparelho tem suma importância na área da fisioterapia ortopédica,  o fisioterapeuta Douglas Brugnera Pastre, responsável técnico da fisioterapia  no hospital Theresa Mussi, o utiliza para uso no pós-operatório imediato, na fase hospitalar e também na clínica.

Benefícios clínicos com o CPM
–  Acelera a reabilitação do movimento pós-operatório
– Alívio da dor na articulação operada
– Ativação da circulação venosa, prevenção de trombose
– Evita aderências  (fibrose)
– Previne a rigidez articular
– Promove a movimentação passiva e contínua imediata no pós-operatório

Algumas indicações para o uso do CPM:
– Cirurgia de artroplastia total de joelho
– Fraturas ( Patelar, Platô Tibial, Femural)
– Cirurgia de quadril (artroplastia de quadril, fixação de quadril, osteotomia)
– Cirurgia de  artroscopia  (meniscectomia)
– Reconstrução ligamentar
– Cirurgia de artroplastia de tornozelo

*Douglas Brugnera Pastre, fisioterapeuta

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima