Saúde

Top 5

Ter uma alimentação saudável reflete tanto no bom funcionamento do organismo como na prevenção e tratamento de doenças. Por isso, selecionar bem o que entra no cardápio é fundamental pra trazer saúde ao corpo. Existem certos alimentos considerados extremamente saudáveis, e incluí-los ao dia a dia pode ser a saída certa para quem priva pela saúde e qualidade de vida.

É difícil saber quais são eles sem a ajuda de alguém especializado, e cada profissional tem uma opinião diferente sobre o assunto, os seus ingredientes queridinhos.

Consultamos duas nutricionistas com linhas bem diferentes para conhecer o que elas recomendam. Veja o resultado a seguir.

Valéria Rossoni

1º – Leite materno

Sem dúvidas, o principal alimento para o ser humano. O leite materno contém todas as proteínas, açúcar, gordura, vitaminas e água que necessitamos quando nascemos. Ele possui determinados elementos que qualquer outro alimento não consegue incorporar, tais como anticorpos e glóbulos brancos. É por isso que o leite materno protege o bebê de certas doenças e infecções.

2º – Ovos

Os benefícios do ovo são inúmeros. Ele é uma fonte rica de proteína e outros 13 nutrientes essenciais. Já se sabe que depois do leite materno o ovo é o alimento mais completo para uma alimentação saudável. Diferente do que algumas pessoas acham, a parte mais rica e saudável do ovo é a gema, onde encontramos todas as vitaminas e minerais que precisamos.

3º – Óleo de coco

O óleo de coco se tornou muito popular nos círculos de saúde alternativa. Verifica-se que a gordura saturada do óleo de coco, particularmente óleo de coco virgem, não é a mesma gordura saturada que existem em outros tipos de óleos. Ele contém os ácidos graxos benéficos no suporte ao sistema imune, saúde cardiovascular, suporte da tireoide, perda de peso, contra infeções na pele, cicatrização de feridas, prevenção de estrias, benefícios para pele, cabelo saudável, sistema digestivo.

4º – Folhas verdes

Dependemos de uma quantidade significativa de cálcio diariamente — devido a nossa grande estrutura óssea —, e não teríamos como não lembrar da nossa melhor fonte desse elemento. O que torna as folhas verdes tão importantes é a quantidade de cálcio aliada a uma grande quantidade de Magnésio, mineral necessário para o aproveitamento do cálcio pelos ossos. É comum vermos pessoas tomando suco verde pela manhã, e o objetivo principalmente a integridade óssea. Também são ótimas fontes de antioxidantes, fibra e ferro.

5º – Pimenta

Pela sua ação antioxidante, ela é uma forte aliada da saúde. Suas melhores características são acelerar a digestão, prevenir hemorroida, combater as bactérias do sistema digestivo e potencializar o emagrecimento.

Gladia Bernardi Granzotto

1º – Algas marinhas

As algas são os ingredientes mais utilizados na culinária asiática. Elas são utilizadas na criação de muitos produtos milagrosos, que proporcionam queima de gordura. As algas marinhas têm comprovado efeito no tratamento de inúmeras doenças, como câncer, reumatismo, artrite, pressão alta, prisão de ventre, diarreia, úlceras, bronquite, enfisema, asma, pedras na vesícula biliar, rins, bexiga, problemas no aparelho genital e urinário, nervoso, tireoide e problemas endócrinos. Possuem ação antibiótica e inibem a formação de tumores, purificam o sangue, eliminando o efeito nocivo da alimentação moderna. Reduzem o colesterol e previnem a arteriosclerose e pressão alta. Usadas na alimentação diária, as algas marinhas aumentam, a oxigenação e proporcionam uma ação altamente benéfica sobre as glândulas, coração, artérias, fígado, vesícula biliar, rins, pâncreas, cólon, próstata, útero, ovários e testículos, além de proporcionarem uma inacreditável força vital.

2º – Missô

O missô é uma pasta de soja fermentada que se tornou uma tradição na cozinha oriental , sendo muito utilizado para temperar sopas, cereais, legumes, vegetais, carnes, peixes e frutos do mar. Por ser riquíssimo em nutrientes, passou a ser considerado como um alimento sinônimo de saúde e longevidade. É riquíssimo em cálcio, aminoácidos essenciais, vitaminas do complexo B, principalmente B2 e B12, além da vitamina E. Possui ainda a isoflavona, além da lecitina. É altamente desintoxicante do organismo, principalmente de metais pesados, radiação e da nicotina do cigarro. Limpa os pulmões e auxilia na digestão e eliminação de toxinas, prevenindo alguns tipos de câncer. De quebra, estimula a libido pela sua concentração hormonal, melhora a lubrificação vaginal, elimina calorões da menopausa. Tem baixo teor de gorduras e calorias.

3º – Banchá

Provenientes da mesma planta, Camellia sinensis, o chá verde é feito com as folhas mais novas e tenras e é amargo; o Banchá é produzido a partir de folhas que permanecem no pé, no mínimo, contém quase zero de cafeína e tanino, o que lhe confere um sabor mais fraco — porém tem praticamente as mesmas propriedades terapêuticas do Chá Verde. Entre elas estão seus poderes de alcalinização do sangue e seu alto teor de sais minerais, incluindo o cálcio. Contém poderosos antioxidantes, uma cadeia de catequinas, que protege contra o câncer e problemas cardiovasculares. Diminui o colesterol-LDL e colesterol total. Tem efeito tonificante e é indicado para, diurético, analgésico, anticoagulante, antibiótico e emagrecedor, controla o colesterol alto e a hipertensão arterial e evita cáries. As substâncias existentes no Banchá neutralizam, também, as bactérias responsáveis pela formação da acne e pelos distúrbios intestinais.

4º – Cogumelo shiitake

Efeito tônico e estimulante da energia e do sangue, previne a anemia e ajuda no tratamento da leucemia. Normaliza as funções do intestino grosso, lubrificando-o. Tem efeitos antitumorais e antivirais. Estudos são positivos em pacientes com calculo biliar, hiperacidez, úlcera estomacal, diabetes, deficiência vitamínica, doenças cardíacas, obesidade, doenças de pele, baixa imunidade, infecções urinárias de repetição, hipertensão, prevenção de AVC. Fortalece o fígado pela sua energia e pela presença de metionina, que fortalece as funções energéticas do fígado e dos hormônios sexuais femininos. Reduz os níveis de colesterol através da ação da eritadenina. Tem grande quantidade de vitamina D — a cada 50g possui 800UI. Grande quantidade de fitosterina, que aumenta o metabolismo do colesterol, evitando a sua permanência e deposição no sangue na parede arterial.

5º – Arroz cateto integral

O arroz integral tem muito mais minerais e um pouco menos de carboidratos que o arroz polido, além de uma substância chamada orizanol que tem, entre seus benefícios, o poder de aumentar o colesterol bom e reduzir o mau. Também possui outras substâncias bioativas, como vitamina E e compostos fenólicos, que são antioxidantes, diminuindo as chances de desenvolver problemas cardiovasculares, câncer e inflamações no organismo. É importante fonte de minerais e vitaminas e não contém glúten. Pesquisa publicada na revista Nutrition Today mostra que as pessoas que comem arroz cateto integral todos os dias têm menos chances de engordar e acumular gordura corporal, 34% menos chances de ter hipertensão, 27% menos probabilidade de aumento na quantidade de gordura na região da barriga e 21% menos chances de desenvolver síndrome metabólica. O consumo de arroz integral ainda combate a ansiedade e a depressão porque aumenta os níveis de serotonina no cérebro.

Clique para comentar
Para cima