Segurança

Governo do Paraná entrega 110 novas viaturas para a Polícia Civil

As novas viaturas vão reforçar o trabalho de investigação da instituição e o atendimento de ocorrências - Foto: Divulgação

Assessoria

O Governo do Paraná dá prosseguimento à estratégia de renovação da frota das forças de Segurança Pública do Estado. O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou na terça-feira (25), em solenidade no Palácio Iguaçu, 110 novas viaturas que vão atender a Polícia Civil. A meta é chegar a 2022 com 80% da frota renovada.

O pacote inclui 109 veículos descaracterizados, entre carros e caminhonetes, que vão reforçar o trabalho de investigação da instituição e o atendimento de ocorrências. A corporação recebeu, ainda, um caminhão adaptado com simulador de tiros para ajudar no treinamento dos policiais, especialmente nas cidades do Interior. O investimento por parte do Governo do Estado em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública foi de R$ 12,6 milhões.

 “Uma polícia bem treinada e bem equipada representa mais segurança para a população. Há dois anos que a Polícia Civil vem fazendo um trabalho primoroso, colaborando com a redução significativa dos índices de criminalidade no Paraná”, destacou Ratinho Junior.

Ele lembrou que o Paraná registrou em 2019 o menor número de homicídios dolosos dos últimos 13 anos. Foram 175 mortes a menos de janeiro a dezembro do ano passado, totalizando 1.780 homicídios. O mesmo período de 2018 apresentou 1.955 casos – uma redução de 9%. Dos 399 municípios paranaenses, 143 (35,8%) não registraram nenhum homicídio em 2019, e 195 (48,8%) tiveram menos de cinco mortes no ano. E o levantamento do primeiro trimestre de 2020, mostrou que mais da metade dos municípios, 244 cidades, não registraram homicídios dolosos.

Solução de crimes

Ratinho Junior ressaltou, ainda, que o reforço na estrutura à disposição da Polícia Civil do Paraná tem reflexo direto da resolutividade dos crimes. Ele destacou que o índice de solução de homicídios, no primeiro semestre, em Curitiba, atingiu 88,6%.

No período foram registrados 140 crimes na capital e solucionados 124. A taxa é superior à dos Estados Unidos, país referência em qualidade nas investigações policiais, que apresentou 62,3% em 2018, últimos dados oficiais divulgados pelo FBI. “É algo fantástico, infinitamente superior à média de outras cidades do País. Reforça mais uma vez que a Polícia Civil do Paraná cada vez mais qualificada”, disse o governador.

Viaturas

Foram entregues nesta terça-feira 50 automóveis do modelo Citroen C4, avaliados em R$ 3,9 milhões. 13 deles já com destinação para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa. O pacote incluiu ainda 45 caminhonetes Mitsubishi L200 Triton, avaliadas em R$ 5,45 milhões; 13 Volkswagen/Gol, avaliados em R$ 547 mil, e uma caminhonete Volkswagen/Amarok no valor de R$ 122 mil. Ainda não está definida a região do Estado que as viaturas serão entregues.

Além dos 110 veículos desta terça-feira, dois Citroen C4 já foram entregues anteriormente, em caráter de urgência. Além disso, este lote também conta com um Jeep Renegade avaliado em R$ 67,4 mil, que será entregue em breve.

“É um investimento fundamental para a Polícia Civil. Tudo isso é fruto da seriedade com que o governador Ratinho Junior vem tratando a segurança pública com o foco de fazer da Polícia do Paraná a melhor do País”, afirmou o delegado-geral da Polícia Civil, Silvio Jacob Rockembach. “Mais estrutura para melhorar a qualidade do serviço prestado à população paranaense”, completou.

Simulador

Rockembach destacou o caminhão simulador de tiros, no valor de mais de 2,4 milhões. A intenção, explicou ele, é fazer com que a estrutura fique à disposição dos policiais do Interior do Estado, facilitando o acesso aos treinamentos.

“O policial do Interior sempre teve dificuldade de se deslocar para a capital por uma série de motivos. Além disso, a capacitação sempre foi centralizada em Curitiba. Queremos que esse caminhão percorra as cidades e só venha para a capital trocar os pneus quando precisar”, disse.

Frota

Neste ano, destacou o secretário da Segurança Pública, Rômulo Marinho Soares, 741 novas viaturas foram incorporadas à frota, já incluindo a entrega desta terça-feira, totalizando R$ 108,2 milhões de investimentos. De acordo ele, o Governo do Estado planeja entregar, até o final do ano, 1.450 novas viaturas às polícias e demais órgãos de segurança pública. “Conseguimos, em 2020, entregar carros para todas as instituições da segurança pública do Estado. E, no caso da Polícia Civil, uma ferramenta importante que vai colaborar com as investigações”, afirmou.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima