Segurança

Índice de mortes reduz 18,55% nas rodovias do Sudoeste

Em 2020, foram 18 mortes a menos nas rodovias da região, em relação a 2019- Foto: Daniel Hagemann/Rádio Clube de Realeza

A 6ª Companhia da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), sediada em Pato Branco, divulgou um comparativo de acidentes, mortes e feridos de 2020 nas rodovias estaduais do Sudoeste, em relação a 2019. Teve uma redução de 44,22% no índice de acidentes, 18,55% de mortes e 15,94% de feridos. Foram 18 mortes a menos do que em 2019.

De acordo com os dados da 6ª Companhia da PRE, em 2019 foram registrados 1.151 acidentes, com 97 mortes e 783 feridos. Já em 2020 reduziu para 642 acidentes (-44,22%), 79 mortes (-18,55%) e feridos 666 (-15,94%).

O comandante da 6ª Companhia da PRE, capitão José Batista do Santos, atribui parte da redução à pandemia do coronavírus em que as pessoas viajaram menos, principalmente nos meses de março e abril. Ele afirmou que, a partir de maio, o fluxo de veículos voltou praticamente ao normal nas rodovias estaduais do Sudoeste.

De acordo capitão Batista o trabalho dos policiais rodoviários também foi importante para a redução, pois utilizaram radares e etilômetros no combate ao excesso de velocidade e embriaguez ao volante. Além disso, ele percebeu uma maior conscientização dos motoristas, tanto que houve diminuição na captação de imagens por radar e atuações por infrações de trânsito. Em 2019, tinham sido registradas 7.144 autuações e em 2020 reduziu para 6.144. “A redução foi considerável. Trabalhamos sempre com o objetivo de preservar a saúde e a vida das pessoas” destacou.

Segundo o capitão Batista, neste ano a fiscalização terá continuidade nas rodovias estaduais do Sudoeste. Haverá combate ao excesso de velocidade, embriagues ao volante e ultrapassagens em locais proibidos. Também terá fiscalização com relação ao uso do cinto de segurança, cadeirinhas para as crianças conforme a idade, documentação de veículos e condutores, condições dos automóveis para o tráfico e o uso das luzes acesas, que é obrigatório nas rodovias, entre outras infrações de trânsito.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima