Polícia apreende armas e veículos durante operação em Marmeleiro

A Polícia Civil de Marmeleiro, com apoio de outras forças policiais, deflagrou na manhã desta sexta-feira (19), a Operação Metamorfose, com o objetivo de investigar um esquema de receptação qualificada e adulteração de veículos pesados, principalmente reboques e semirreboques. Os caminhões eram adulterados em uma oficina mecânica de Marmeleiro e vendidos para todo o Brasil.

A ação envolveu mais de 80 policiais, que cumpriram 20 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juízo Criminal da Comarca de Marmeleiro, após representação do Ministério Público.

Para realizar a operação, a Polícia Civil de Marmeleiro contou com o apoio de policiais civis de Francisco Beltrão, Cascavel, Pato Branco, Laranjeiras do Sul, Ampére, Realeza e Colombo, além do Denarc de Pato Branco, do Núcleo de Operação com Cães da Polícia Civil, do Grupamento de Operações Aéreas do Gaeco de Francisco Beltrão, do Instituto de Criminalística do Paraná, da Polícia Militar de Marmeleiro, Renascença, Flor da Serra do Sul, e Francisco Beltrão, da Polícia Militar Ambiental e da Polícia Civil de Santa Catarina.

O delegado de Marmeleiro Wilkinson Fabiano, divulgou uma nota informando que os alvos da operação foram empresariais e residenciais. A desconfiança da Polícia Civil é de que mais de uma centena de veículos pesados foram adulterados em uma oficina mecânica e vendidos para todo o Brasil.

De acordo com o delegado, durante as buscas foram apreendidos documentos, armas, munições, veículos, dinheiros e outros objetos, que serão analisados pelos peritos investigadores e outros policiais, na busca de mais informações sobre o esquema e na identificação de mais pessoas envolvidas. Um dos alvos da operação, que possui mandado de prisão, não foi localizado, sendo considerado foragido da Justiça.