Segurança

Presos divulgam vídeos e Depen responde as manifestações

Vídeos foram divulgados após confirmação de 41 casos de covid-19

Na manhã desde domingo (27), o diretor regional do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen), Marcos Andrade, comentou o conteúdo de dois vídeos que circulam pelas redes sociais, e são atribuídos aos detentos da Cadeia Pública de Pato Branco, onde no sábado (25), foi confirmado pelas equipes de saúde, um surto de coronavírus.

Em um dos vídeos, um preso fala em “vários descasos da parte do Depen e dos órgãos competentes”, no mesmo vídeo, os presos que assinam uma carta se auto denominando de ‘massa carcerária da Cadeia Pública de Pato Branco’, pontua que a capacidade de cadeia pública é para 44 presos e atualmente conta com 229 detentos.

Também foi falado em “forma pacífica”, dando assim a entender que um novo motim, ou tentativa de fuga pode vir a ocorrer na unidade prisional.

No segundo vídeo, outro preso, afirma que os casos confirmados de covid-19, não estão sendo medicados.

Ao Diário do Sudoeste, o diretor regional do Depen, afirmou que “temos feito bate grade com maior frequência, porém, ontem [sábado] foi verificado algo errado, e iremos tomar as providências.”

Andrade afirmou que o uso de aparelhos celulares, — o que é proibido no sistema carcerário —, causa preocupação para o departamento penitenciário.

Com relação as declarações feitas quanto ao atendimento em saúde, Andrade afirmou que “o Município está dando suporte necessário. E como nas demais localidades onde ocorreu contaminações em massa e foi resolvido, em Pato Branco está sendo seguido o mesmo protocolo.”

Ele afirmou ainda que “relaxamentos de prisão em nenhum local é a medida adotada pelo juízo.”

1 comentário

1 comentário

  1. Maria Teresa

    27 de setembro de 2020 às 12:29 PM

    Parabéns a equipe de saúde de Pato Branco, dando o suporte necessário aos detentos, medicando ” OS SINTOMÁTICOS” e monitorando os demais, isolamento por contato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima