Esportes

Mirassol tenta frear a ascensão do Botafogo para assumir a liderança

De olho na liderança isolada do Grupo D, o Mirassol recebe um embalado Botafogo nesta quarta-feira, às 22h15, no estádio José Maria do Campos Maia, em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

As duas derrotas seguidas – para Corinthians (1 a 0) e Red Bull Bragantino (2 a 1) – fizeram o Mirassol cair para a vice-liderança do Grupo D, com oito pontos, um a menos que o Santos. O time da Baixada Santista, porém, tem uma partida a mais.

Do outro lado está um adversário que vem em ascensão desde a chegada do técnico Argel Fuchs, ainda invicto no cargo. Sem perder há três jogos, o Botafogo é o terceiro colocado do Grupo A, com seis pontos.

Apesar das duas derrotas seguidas, Eduardo Baptista não vai realizar mudanças no Mirassol, pois não tem problemas por contusão ou suspensão. O que tem tirado o sono do treinador não as chances desperdiçadas nas últimas partidas.

“O caminho é ter concentração e convicção do que estamos fazendo e as chances vão aparecer novamente. No próximo jogo, vamos ter as mesmas chances e precisamos ter tranquilidade e efetividade para convertê-las em gols”, alertou o treinador.

No Botafogo, o técnico Argel Fuchs deve manter o time que iniciou no empate sem gols com os reservas do Palmeiras no último final de semana. O atacante Dudu passou por uma cirurgia no tornozelo na última segunda-feira e está fora do restante do Paulistão.

“Ainda não podemos nos dar ao luxo de pensar em classificação. O primeiro passo é conseguir a manutenção. A partir do momento em que a gente atingir 11, 12 pontos, aí pensaremos num outro objetivo”, destacou Fuchs, procurando controlar o ânimo do time.

Para cima