Esportes

Santos joga todas as fichas contra The Strongest para seguir vivo na Libertadores

Ainda à espera da chegada de um técnico, pressionado e sem pontuar na Copa Libertadores, o Santos busca a primeira vitória na competição continental para seguir vivo no torneio do qual é o atual vice-campeão. O time alvinegro faz jogo de vida ou morte diante do The Strongest, da Bolívia, nesta terça-feira, às 19h15 (horário de Brasília), na Vila Belmiro.

O Santos acumula duas derrotas por 2 a 0 para Barcelona de Guayaquil e Boca Juniors e só não está na lanterna do Grupo C porque o The Strongest, outro que ainda não venceu, perde no critério de desempate. O resultado do duelo desta terça, portanto, pode manter vivas as esperanças de classificação de uma equipe e sepultar as chances de seguir no torneio do outro time.

Com risco de ser eliminado também no Campeonato Paulista, mergulhado numa crise e sob pressão, o Santos será comandado novamente por Marcelo Fernandes interinamente. A diretoria ainda está no mercado para trazer um substituto para Ariel Holan, que deixou o cargo no início da semana passada. Fernando Diniz, ex-São Paulo, é o favorito para assumir. Enquanto ele – ou outro treinador – não chega, cabe ao interino a missão de reerguer a equipe.

“Sobre permanência, chegada de treinador, não fui comunicado e não quero pensar nisso. Meu pensamento é trabalhar todo dia, já que temos pouco tempo para treinar, com um jogo em cima do outro, para tirar o Santos o mais rápido possível. “Ninguém aqui tem corpo mole, é uma má fase que com certeza vai passar”, salientou Fernandes.

A missão de Fernandes, ex-zagueiro do time e acostumado a ser chamado em momentos adversos, é dura, já que o Santos inicia o mês de maio com risco grande de ser eliminado na Libertadores e no Paulista, enfraquecido após a saída de Soteldo para o Toronto FC e sem reforços.

É provável que o interino mande a campo uma formação semelhante com a que foi derrotada pelo Boca Juniors na Argentina e empatou com o Red Bull Bragantino no último domingo. Caso queira mudar, os jovens atacantes Ângelo e Kaio Jorge podem ser as caras novas. No meio de campo, Vinícius Balieiro e Jean Mota disputam uma vaga.

Equipe mais fraca tecnicamente do Grupo C, o The Strongest quer surpreender o Santos na Vila Belmiro. Se na Libertadores a equipe boliviana vai mal, no campeonato local é líder com 13 pontos e ostenta quatro vitórias em cinco partidas. Recentemente, o técnico paraguaio Gustavo Florentín foi contratado para o lugar do demitido Alberto Illanes.

Um de seus principais jogadores é Willie Barbosa, atacante brasileiro revelado pelo Vitória e com passagens por Vasco, Atlético-GO e CRB. Ele marcou dois gols em cinco duelos nesta temporada. O outro atleta nascido no Brasil da equipe boliviana é o zagueiro Fernando Martinelli.

Para cima