Mundo

Chile realiza eleição histórica para Assembleia Constituinte

O Chile começa a escrever neste sábado um novo capítulo de sua história, com a celebração de eleições para designar 155 pessoas que elaborarão a nova Constituição. A Assembleia Constituinte contará com vozes do povo indígena, abrindo caminho para encerrar o legado da ditadura de Augusto Pinochet.

Quase 15 milhões de chilenos estão convocados às urnas e mais de 2.731 postos de votação se distribuíram pelo país. Havia longas filas em vários postos de Santiago. O presidente Sebastián Piñera votou pela manhã. “É uma das eleições mais importantes de nossa história”, afirmou ele na saída da seção eleitoral.

Além de escolher os constituintes, serão eleitos prefeitos, vereadores e governadores. Esta eleição estava marcada para abril, mas foi adiada devido à piora da pandemia da covid-19. (Com agências internacionais)

Para cima