Ação conjunta apreende 29 galos de rinha

Uma ação integrada, envolvendo equipes da Vigilância em Saúde, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Polícia Civil, Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Departamento de Limpeza Pública, Polícia Ambiental e Instituto Água e Terra (IAT), realizada na quinta-feira (16), no bairro Pinheirinho em Pato Branco resultou na apreensão de 29 galos, que estavam em situação de maus tratos.

-- 2 Notícia --

A operação foi realizada por solicitação pelo Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente (Gaema), do Ministério Público do Paraná (MPPR). No local as equipes detiveram os animais que eram utilizados para rinhas.

Equipes da Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde, buscaram por diversas vezes realizar vistoria no imóvel, uma vez que era sabido que no local, havia a criação de galos, porém, sempre houve recusa por parte do proprietário, assim, não podendo ser constatada a situação dos animais.

-- 3 Notícia --

Devido essas recursas, o Gaema foi informado, e por fim oficiada a Polícia Ambiental.

O responsável pelos 29 animais recolhidos, teve a lavratura de Termo Circunstanciado de Infração Penal, e autuado em R$ 29 mil, por crime de maus tratos. Os animais foram encaminhados para órgãos municipais.

-- 4 Notícia --
Responsável pelo imóvel onde estavam os animais, recusou diversas recusas de vistorias de órgão competente  – Foto: Rodinei Santos/ Assessoria PMPB
Responsável pelo imóvel onde estavam os animais, recusou diversas recusas de vistorias de órgão competente  – Foto: Rodinei Santos/ Assessoria PMPB
Divulgação Polícia Ambiental
Divulgação Polícia Ambiental
Divulgação Polícia Ambiental
-- 5 Notícia --
você pode gostar também

Comentários estão fechados.