VBP do Sudoeste em 2021 foi superior a R$ 22,4 bilhões

Impulsionada pela cultura de soja, Mangueirinha viu seu VBP crescer de 64% em 2021, comparando com 2020 Crédito: Jaelson Lucas/Arquivo AEN

No comparativo de 2021 com 2020, Mangueirinha foi o município que apresentou maior variação de produção, 64%

Nesta semana, o Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Agricultura e do Abastecimento (Seab), divulgou o relatório preliminar do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) do Paraná de 2021. O documento é preliminar, pois, agora segue para conferência das secretarias de agricultura dos municípios, para validarem os dados.

Mesmo sendo uma prévia, o documento apresenta um crescimento de 5% em temos reais, do setor agropecuário do Paraná, no comparativo com 2020. No ano passado, o Paraná somou R$ 180,4 bilhões, em 2020 a movimentação agrícola do estado foi de R$ 128,3 bilhões.

Os 42 municípios do Sudoeste foram responsáveis por 12,4% do VBP, ou seja, juntos movimentaram R$ 22.486.067.713,00.

Conforme o relatório, juntos os sete municípios que integram o núcleo da Seab de Dois Vizinhos movimentaram R$ 4.699.538.428,36; enquanto que os 20 municípios da regional de Francisco Beltrão, R$ 9.170.941.136,51. Por sua vez, os 15 municípios da microrregião de Pato Branco foram responsáveis por R$ 8.615.588.148,13.

Desempenho

Comparando o VBP de 2020 com o de 2021, cinco municípios da região se destacam: Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Chopinzinho, Mangueirinha e Pato Branco.

Em 2020, Dois Vizinhos foi o único município da região a superar a marca de R$ 1 bilhão na produção agropecuária, com geração de R$ 1.343.687.723,46 de divisas, já em 2021, a ‘Capital Nacional do Frango’ viu seu VPB crescer 39%, atingindo a marca de R$ 1.864.304.884,93.

Quem também superou a marca de R$ 1 bilhão na produção agropecuária foi Francisco Beltrão, chegando ao VBP de R$ 1.267.291.969,99, em 2020 o município gerou R$ 927.502.915,12. O crescimento de produção foi de 37%.

A expectativa é de que Chopinzinho bata a marca de R$ 1 bilhão no VPB que será divulgado no próximo ano. Enquanto isso, o número obtido em 2021 é de R$ 959.056.257,56. O crescimento em comparação com a produção de 2020 foi de 25%, ou seja, naquele ano a agropecuária de Chopinzinho movimentou R$ 764.713.301,59.

Entre os cinco municípios com melhor desempenho de VPB, Pato Branco é o que está mais distante de atingir a marca de R$ 1 bilhão de produção. O crescimento foi de 22% no comparativo de 2021 (R$ 884.891.943,14) com 2020 (R$ 727.236.811,22).

Por sua vez Mangueirinha é entre os cinco municípios, o que teve maior crescimento produtivo, 64%. A terra das araucárias foi responsável em 2020 por um VBP de R$ 568.724.718,22, enquanto que em 2021, atingiu R$ 934.455.061,56.

Somente a produção de soja representou em 2020, R$ 259.675.218,00 do VBP do município, em 2021 a cultura foi responsável por R$ 425.888.999,25, ou seja, pouco a menos da metade do valor bruto da produção de Mangueirinha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.