Homem é preso após agredir mulher em Chopinzinho

A Polícia Militar atendeu uma ocorrência de violência doméstica, quarta-feira à noite, na comunidade de Lagoão, em Chopinzinho. A mulher, com medo, inicialmente afirmou ter apenas havido uma discussão com o seu convivente, mas depois confirmou as agressões e o homem, que tentou fugir por um matagal, foi preso pela equipe policial.

De acordo com a Polícia Militar, receberam informações, através de um grupo de WhatsApp, que uma mulher era frequentemente agredida pelo marido na comunidade de Lagoão. Os policiais foram ao local e conversaram com a vítima que relatou ter ocorrido somente uma discussão com o seu convivente. O suspeito estava carregando objetos no veículo e disse que iria sair de casa. Os policiais solicitaram a documentação, mas ele alegou ter deixado no seu local de trabalho, em Santa Catarina. Ao receber informações que seria conduzido, o homem afirmou que os seus documentos estavam no interior da casa e foi buscar, mas saiu correndo pela porta dos fundos em direção a um matagal, sendo alcançado pelos policiais e preso.

Após o homem estar no camburão da viatura, a vítima confirmou aos policiais que vinha sofrendo agressões físicas e verbais do seu convivente, que havia ameaçado ela de morte com um facão, mas seu filho, de 17 anos, tirou da mão dele e jogou nas imediações da residência, sendo recolhido pela equipe policial.

 A mulher estava com lesões no nariz, onde o homem a agrediu com cabeçadas. Ele também teria xingado os policiais e quando estava dentro da viatura ameaçou a vítima e seu filho. O acusado, de 45 anos, foi conduzido até o Pelotão da Polícia Militar para a confecção de um Boletim de Ocorrência. Em seguida, as partes foram encaminhadas à Delegacia da Polícia Civil para as providências cabíveis ao fato.