Segurança

Incêndio em Coronel Vivida pode ter sido criminoso

A residência, onde morava o autor do homicídio, foi destruída pelo fogo - Foto: Rádio Vicente Pallotti

O Corpo de Bombeiros atendeu uma ocorrência de incêndio sábado, por volta das 23h, em uma residência na rua Pedro Manoel dos Santos, bairro São José Operário, em Coronel Vivida. A casa era do autor de um homicídio ocorrido na última sexta-feira, em que foi vítima Fábio Pinheiro Figueiró, morto a golpes de barra de ferro. Com isso, existe a desconfiança de que o incêndio pode ter sido criminoso.

O imóvel, que não teria energia elétrica, foi consumido pelo fogo. Os bombeiros foram acionados, mas quando chegaram ao local a residência já tinha sido tomada pelas chamas. Como o fogo   não oferecia risco as casas vizinhas, os bombeiros fizeram apenas o trabalho de rescaldo.

O rapaz, de 22 anos, que matou Fábio, foi preso ainda na sexta-feira. Ele confessou o crime ao delegado Rômulo Conti Ventrella, relatando que teve uma discussão com a vítima, na noite anterior, por conta da divisão de drogas, pois os dois seriam viciados.

Segundo o delegado, o rapaz acrescentou que, pela manhã, enquanto a vítima dormia, pegou uma barra de ferro e desferiu golpes contra Fábio, que acordou e tentou fugir. Ele perseguiu a vítima e continuou efetuando golpes com a barra de ferro e Fábio entrou em óbito.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima