Motorista que provocou acidente com cinco mortes segue preso

Em audiência de custódia, realizada segunda-feira, o motorista de um Renault/Logan, que é acusado de ter provocado um acidente com cinco mortes, teve a prisão preventiva decretada pelo Ministério Público. A tragédia ocorreu no último domingo, na BR-163, em Planalto, quando um Logan colidiu frontalmente contra um Gol, causando a morte de cinco pessoas, quatro adultos e um criança.

De acordo com o delegado Rodrigo Colombelli, responsável pelo inquérito policial, o condutor do Logan foi submetido ao teste de etilômetro, que apontou 0,54mg/l, caracterizando o crime de embriaguez ao volante, sendo preso em flagrante e depois teve a prisão preventiva decretada pelo Ministério Público.  Além disso, ele estaria realizando ultrapassagem proibida quando colidiu frontalmente com o Gol, onde estavam as cinco vítimas fatais.

Segundo o delegado, o homem deverá responder por cinco homicídios praticados na direção de veículo automotor e lesão culposa contra a mulher e a filha, que estavam no Logan e sofreram ferimentos. Ele não teve o nome divulgado, mas tem 39 anos e reside em Capitão Leônidas Marques. O acusado foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil de Francisco Beltrão, estando à disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.