Campeão olímpico, alemão Zverev avança no US Open após lesão e abandono de Sock

O alemão Alexander Sverev segue firme em sua caminhada atrás do primeiro título de Grand Slam da carreira. O campeão olímpico de Tóquio avançou à quarta fase do US Open graças a abandono do americano Jack Sock no quarto set, na madrugada deste domingo. O rival sentiu uma lesão na coxa, resistiu o que pôde, mas acabou desistindo quando perdia por 2 a 1 na quarta parcial.

Zverev amparou Sock, abraçando o tenista local no momento em que as dores o impediram de seguir na partida. O americano ganhou bem o primeiro set, por 6/3, numa demonstração que poderia surpreender o número quatro do mundo.

Mas, logo no primeiro game do segundo set, os problemas físicos voltaram a atrapalhar Sock. O americano trava uma batalha longa contra as lesões no circuito e mais uma vez acabou prejudicado. Mesmo machucado, mancando e com evidente dificuldade de movimentação, ele buscou uma superação na partida.

Trocou pontos, tentou seguir na disputa, porém levou a virada, com parciais de 6/2 e 6/3 para o algoz de Novak Djokovic na Olimpíada. Zverev saiu de uma situação de perigo graças à lesão de um duro oponente e, ao assumir o placar, viu Sock desistir no começo de quarto set para não agravar mais o problema.

Querendo fazer bonito no torneio em seu país, Sock saiu do Arthur Ashe Stadium bastante chateado por não ir até o fim. As dores falaram mais alto e ele novamente deixa um campeonato por causa das lesões. O ex-oitavo do mundo mais uma vez terá de encarar recuperação e fisioterapia, enquanto Zverev agora encara o italiano Jannik Sinner por vaga entre os oito melhores.

No jogo que fechou o dia na chave feminina, a russa Anastasia Pavlyuchenkova não teve problemas para superar a compatriota Varvara Gracheva, por 2 a 0, parciais de 6/1 e 6/4, e avançar às oitavas de final.

Com jogo forte e pressão gigantesca no saque de Gracheva, Pavlyuchenkova conseguiu 17 break points no jogo. Quebrou o serviço três vezes no primeiro set e mais uma no segundo para avançar sem sustos.