Aeronaves da FAB e PRF transportam coração de Pato Branco para São Paulo

Nesta quinta-feira (15), uma operação conjunta envolvendo a Força Aérea Brasileira (FAB) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi essencial para garantir o transporte rápido e seguro de um coração destinado a transplante. A captação do órgão foi realizada em Pato Branco, no Sudoeste do Paraná, distante quase 900 quilômetros de São Paulo.

-- 2 Notícia --

A operação começou com a decolagem de um avião da FAB de Pato Branco às 11h40, chegando ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, às 13h15. Uma vez em Congonhas, a equipe médica responsável e o coração foram imediatamente transferidos para um helicóptero da PRF, agilizando a etapa final do transporte.

O percurso do Aeroporto de Congonhas até o Hospital das Clínicas, que normalmente levaria mais de 40 minutos por via terrestre devido ao tempo chuvoso, foi concluído em aproximadamente quatro minutos pelo helicóptero. Esta rápida transferência foi fundamental, considerando que um coração, uma vez retirado da circulação sanguínea, precisa ser transplantado em um período máximo de quatro horas.

-- 3 Notícia --

A operação bem-sucedida destaca a importância da sinergia e coordenação entre diferentes esferas e instituições para salvar vidas. A eficiência e rapidez deste transporte ressaltam o compromisso e a capacidade logística da FAB e da PRF em situações críticas de saúde, garantindo que cada minuto precioso fosse aproveitado para o sucesso do transplante.

-- 5 Notícia --
você pode gostar também

Comentários estão fechados.