Aumento de casos de covid-19, resultam na adoção de reforço nas medidas de enfrentamento

Pato Branco deve divulgar nos próximos dias portaria estabelecendo o passaporte de vacinação, via ConecteSUS

Marcilei Rossi com Assessoria

A taxa de transmissão de covid-19 que até o final de 2021 vinha apresentado uma considerável queda em Pato Branco, contudo, com as festividades, reuniões e até mesmo deslocamento de pessoas, a realidade mudou, como também foi alterada em todas as regiões do País.

No caso específico de Pato Branco, a taxa de transmissão do vírus no momento é de 0,35, o que vem contribuindo para uma média móvel de 56 novos casos confirmados por dia, nos primeiros 14 dias de 2022.

O sinal de alerta para o novo momento da pandemia, já foi dado ainda na semana passada, quando integrantes de diversos departamentos da Secretaria Municipal de Saúde, reuniram a imprensa com a finalidade de alertar a população e rememorar os cuidados essências para evitar a proliferação do vírus. Contudo, nessa quinta-feira (13), foi retomado a reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 de Pato Branco, que debateu algumas das medidas que devem ser adotadas em curto prazo.

Entre as ações definidas, o município adere às orientações da Secretaria de Estado da Saúde (SESA) sobre os procedimentos em relação aos pacientes positivados. Ainda, realizará testagem em massa na população, além de reforçar o uso de máscara, álcool gel e distanciamento social. Também, está sendo elaborada uma portaria para a apresentação obrigatória do comprovante de vacinação em eventos, bares, restaurantes, eventos esportivos, e outros, pelo aplicativo Conecte SUS.

“Como já comentado, esta nova cepa é muito mais transmissível e já aumentou o fluxo nos atendimentos ambulatoriais, nos hospitais e na UPA 24h. Com isso já estamos organizando ações para melhorar os serviços da saúde e principalmente para conter a transmissão. Ainda, é importante reforçar a importância da vacina, pois as chances de novas mutações do vírus pelos não vacinados são grandes”, frisa Rodrigo Bertol, diretor da Vigilância de Saúde.

A previsão da Vigilância é de publicar a portaria com as medidas e orientações já nesta sexta-feira (14).

Mesmo com o aumento de casos positivos de covid-19, não há hospitalizações. “Importante também comentar que continuam ativos os cinco leitos de UTI do Hospital São Lucas para atendimento de casos de covid19. Houve mudanças devido a queda de transmissão. Com certeza se houver necessidade, teremos leitos de UTE e nenhum paciente ficará desassistido”, complementa a secretária de Saúde, Lilian Brandalise.

Comprovante de vacinação

Lamentando recente relato que estariam havendo adulterações de comprovantes de vacinação contra a covid-19, para adentrar a festas, Lilian declarou que “estamos em um momento da pandemia em que as pessoas precisam ter consciência de que precisam se cuidar, mas também cuidar dos seus”. Ela ainda questionou, “para que burlar a lei em uma questão sanitariamente e que criminalmente pode ser responsabilizado?”

De acordo com a secretária nenhum Boletim de Ocorrência foi feito, uma vez que à secretaria somente chegaram rumores, contudo, ela pede para quem presenciou tal situação, que relate as autoridades de modo formal.

A portaria que deve tornar obrigatória a apresentação de comprovante de vacinação, — o chamado passaporte da imunização —, em eventos, bares, restaurantes, eventos esportivos, também deve se estender a supermercados e igrejas, uma vez que estes locais também recebem quantitativo considerável de pessoas.

Porém, Lilian fala em bom senso da população em não estar provocando aglomeração, e ainda em reuniões menores, onde também pode ser adotada a prática de comprovação via aplicativo ConecteSUS do recebimento das doses de imunizante.

Centro de testagem

Já nesta sexta-feira (14) começam a ser realizados exames para quem teve contato com positivado, ou que não está com sintomas aparentes. Para isso, a Secretaria de Saúde de Pato Branco, montou um centro de testagem no ginásio Dolivar Lavarda, no bairro La Salle.

Pacientes com sintomas moderados a grave (tosse, febre e dores), atendimento será na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas.

De acordo com a secretária de Saúde, neste momento Pato Branco tem à disposição aproximadamente 18 mil testes, e aguarda para os próximos dias a chegada de 20 mil, de repasse feito pela Secretaria Estadual de Saúde.

Lilian diz acreditar que o quantitativo de testes disponíveis seja suficiente para atender a demanda, uma vez que são estimados a realização de 300 testes por dia.

Ao mesmo tempo, a secretária afirma que em uma eventual escassez de testes, o Município passará a dar prioridade de realização dos exames na UPA 24h, mas, ela acredita que isso não chegue a acontecer, pelo fato de novas remessas estarem sendo enviadas pelo Ministério da Saúde e o próprio Município ter licitado a aquisição.

O Centro de Testagem ficará aberto durante todo esse final de semana. Nesta sexta das 7h às 19h e no sábado (15) e domingo (16) das 9 às 15h.

Alert(AR)

 Como uma forma de reforçar o atendimento aos pacientes positivados, a Saúde continua com o programa Alert(ar), com o monitoramento diário por telefone e visitas domiciliares dos pacientes positivados.

O programa visa entender os sintomas e caso haja necessidade encaminhar para atendimento médico.

Volta às aulas

Ao mesmo tempo em que se encaminha para a aplicação das primeiras doses de vacinas contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos, o calendário escolar de 2022 se aproxima.

Assim, de mesma forma que os pais estão apreensivos para ver quais serão as recomendações para o ano letivo, o comitê da covid-19, juntamente com o de Educação também se articula.

No momento segundo Lilian é muito precoce falar em exigência de comprovante de vacinação das crianças pequenas, uma vez que o quantitativo de doses disponibilizados é bastante limitado.

Outro apontamento feito pela secretária é de que nos próximos dias, e assim, acompanhando a evolução nas notificações de novos casos, devem ser debatidos os regramentos para o ambiente escolar. 

Crédito: Rodinei Santos/Assessoria PMPB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.