Pato Branco

Sistema de energia fotovoltaica é instalado na APAE

Painéis fotovoltaicos instalados na Apae de Pato Branco

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Pato Branco recebeu recentemente uma unidade geradora de energia fotovoltaica. O equipamento vou doado pela empresa Renovigi, por meio de uma campanha realizada pelas redes sociais. Localmente, a ação foi articulada pela comunidade rotária, que incentivou a mobilização na internet.

Por meio da mesma iniciativa, a movimento também garantiu um equipamento para o Remanso da Pedreira, entidade que atende a crianças em situação de vulnerabilidade social.

A escola recebeu um equipamento padrão capaz de suprir aproximadamente metade da energia necessária para o funcionamento da escola Carlos Almeida, no bairro São Vicente, uma das duas escolas mantidas pela Apae de Pato Branco.

De acordo com representantes da Renovigi, o sistema padrão doado por meio da campanha é composto por 16 painéis fotovoltaicos um inversor.

A empresa Hi-mix eletrônicos, que possui fábrica em Pato Branco, financiou a instalação do restante do equipamento, para garantir que a escola tenha uma unidade para atender a sua necessidade completa de geração.

No Remanso da Pedreira, o equipamento complementar foi financiado com doações articuladas pelos clubes de Rotary locais. A instalação dos equipamentos nas duas entidades foi realizada de forma voluntária pela empresa E3 Engenharia, de Pato Branco.

Com os equipamentos, as duas entidades deverão ter uma redução significativa das suas faturas de energia elétrica, além de contar com um sistema de geração sustentável.

Campanha

A campanha Energia do Bem é uma iniciativa da empresa Renovigi, de Chapecó, que atua no mercado de geração de energia fotovoltaica. De acordo com Taynara Batista, representante da empresa, desde o ano passado, a empresa já realizou a doação de equipamentos para 144 instituições sem fins lucrativos em todo o Brasil.

Ela explica que o objetivo da mobilização é promover ações de responsabilidade social. “É uma forma de devolver para a sociedade um pouco do que a Renovigi tem recebido. A empresa tem crescido muito nos últimos anos, e com isso buscamos retribuir a sociedade”, completou.

Potencial

De acordo com Marcos Carlesso, o mercado de energia fotovoltaica tem crescido muito no Brasil, um país tropical, com vasto território, o que favorece a geração de energia solar. “Ainda estamos começando, quando comparado a países da Europa como a Alemanha e Itália. Hoje a geração solar ocupa apenas 3% da matriz energética do país, ou seja, ainda há uma imensidão para ser aproveitada”, completou.

Ele diz ainda, que apesar do baixo percentual, a procura por sistemas fotovoltaicas têm crescido, e o desenvolvimento da Renovigi ilustra isso. Segundo ele, a empresa tem dobrado seu tamanho anualmente. Outro sinal do potencial do mercado é o crescimento das linhas de financiamento disponibilizadas por instituições bancárias e pelos poderes públicos.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima