Polícia Civil prende acusado de estupro de vulnerável

Um homem, de 60 anos, acusado de estupro de vulnerável, foi preso na manhã desta quinta-feira (3), em Capanema, pela Polícia Civil. Havia um mandado de prisão temporária em desfavor do suspeito, expedido pelo Poder Judiciário de Capanema

O delegado Rodrigo Colombelli informou que a investigação teve início a partir de uma denúncia advinda do Conselho Tutelar de que o suspeito teria assediado, passando as mãos nas partes íntimas de uma criança de quatro anos, que seria filha de sua enteada. Foram ouvidas testemunhas e declarantes do fato criminoso.

De posse das provas, foi solicitado o mandado de prisão do suspeito que, após prévio parecer do Ministério Público local, foi deferido pelo Poder Judiciário. “Em princípio a prisão do investigado é temporária, com prazo de 30 dias, período que serão complementadas as diligências para que o inquérito possa ser enviado ao Ministério Público. Todos os elementos coletados nos levam a crer na prática criminosa por parte do investigado, o qual já responde a outros processos por fatos similares”, destacou Colombelli. Segundo o delegado, o suspeito encontra-se recolhido na carceragem da 59ª DRP de Capanema. Ele será ouvido nos próximos dias para dar sua versão sobre os fatos