Polícia Militar constata crime ambiental em Realeza

Durante patrulhamento terça-feira pelo bairro Casaca, em Realeza, a Polícia Militar avistou dois homens ateado fogo na vegetação próxima de um riacho. Ambos foram abordados e identificados, sendo que, além da queimada, eles estavam instalando uma bomba mecânica para transpor água do córrego para abastecer um tanque.

Segundo a Polícia Militar, no local foi apreendida uma bomba mecânica do tipo “carneiro”, mangueiras, e um motor a combustão para bombear a água. Um dos masculinos, de 32 anos, se apresentou como responsável pelo terreno, mas não possuía licença para modificar a área de preservação ambiental e retirar a água do curso hídrico. Os policiais constataram crime ambiental e pediram para o responsável cessar as atividades. O Boletim de Ocorrência foi encaminhado à Polícia Ambiental para as providências cabíveis ao fato. Já o responsável pelo terreno e os objetos apreendidos foram entregues na Delegacia da Polícia Civil. Ele deverá responder por crime ambiental.