Saber escutar

Você é uma pessoa que sabe escutar os outros? A escuta possui um papel fundamental na comunicação. Ouvir ou escutar é um elemento central em todos os caminhos espirituais. “Escuta, filho”, no Antigo Testamento o falar cabe a Deus. No início do relato da criação a Bíblia diz: Deus disse, “haja”. O mundo surge pela palavra de Deus. O Evangelho de João inicia com esta palavra: “No princípio era o verbo e o verbo estava com Deus e o verbo era Deus”. No princípio estava ele com Deus, todas as coisas foram feitas por meio dele. Quando Deus se comunica por meio da palavra, nós podemos, pela escuta, tomar consciência dele e de sua mensagem. Orar dessa maneira não é tanto falar com Deus, é mais escutá-lo. A linguagem de Deus não é um falar no sentido da linguagem humana, ela pode ser amplamente encontrada em tudo quanto existe, pois tudo passou a existir pela palavra de Deus. O silêncio e a escuta são parte integrante de todo orar e de todas as formas de meditação. 

-- 2 Notícia --

O silêncio significa muito mais do que simplesmente não falar, ele é também o fazer silêncio no espírito, quando nossas ideias chegam ao repouso, uma importante experiência na meditação que ocorre na medida que nós exercitamos. Na comunicação diária, nós encontramos muitas ocasiões para exercitar a escuta. Quem deseja ter acesso à outra pessoa precisa percebê-la, ouvir o que ela tem a transmitir. A condição para isto é sempre a mesma, é preciso que eu próprio esteja em silêncio para que o outro possa falar. Preciso não apenas não falar, tenho também que fazer com que meus pensamentos se calem, com que minhas ideias e minhas opiniões se retraiam. Só então estarei inteiramente aberto para o outro, poderei então levar a sério aquilo que ele diz. 

Muitas conversas nossas são prejudicadas principalmente porque nós não escutamos. Quantas vezes no relacionamento de casais um é acusado de não escutar o outro? A situação não é melhor nas entrevistas de orientação, por exemplo. Muitos não falam às pessoas ou com as pessoas, mas sim por ocasião da presença do outro. Não chega a ocorrer uma conversa porque encontramos dificuldade para ouvir. O maior problema para a escuta são os nossos próprios pensamentos. Depois de umas poucas palavras do nosso interlocutor, nossos próprios pensamentos começam a manifestar-se, e aí já não escutamos. Caro leitor, escutar faz bem. Pensemos nisso! 

-- 3 Notícia --

Padre Ezequiel Dal Pozzo

-- 5 Notícia --
você pode gostar também

Comentários estão fechados.