Guindos: fortalecer integração financeira na UE é vital para proteger economia

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Luis de Guindos, disse nesta quinta-feira (27) que o fortalecimento da integração financeira na União Europeia (UE) é vital para proteger a economia do bloco de choques e momentos de instabilidade. Em discurso feito durante evento organizado pelo BCE e pela Comissão Europeia, Guindos afirmou que as ameaças impostas pela questão das mudanças climáticas tornam a necessidade de integração ainda mais urgente. Guindos disse também que uma união financeira plena dos mercados poderá ajudar a promover as chamadas “finanças verdes”, uma área em que, segundo ele, a UE já é líder. “Isso não apenas nos beneficiará, como também beneficiará as próximas gerações”, acrescentou.