Microsoft supera previsão no lucro ajustado do 4º trimestre fiscal

A Microsoft informou que teve lucro líquido de US$ 16,46 bilhões no quarto trimestre do ano fiscal de 2021, encerrado em 30 de junho, ou US$ 2,17 por ação. O resultado representa um avanço de 49% do lucro ajustado em relação ao ganho de US$ 1,46 do mesmo período do ano passado, e superou a estimativa de analistas da FactSet, que estimavam ganho de US$ 1,91 por ação. Apesar disso, o papel da companhia recuava 2,71% no after hours das bolsas de Nova York, às 17h39 (de brasília).

Entre os resultados apontados por operadores como decepcionantes, e que podem ter justificado o mau desempenho da ação da Microsoft após a divulgação do balanço, está a queda de 3% na receita com as vendas do sistema operacional Windows à fabricantes de equipamentos eletrônicos. Já os ganhos com a venda de serviços e conteúdo do Xbox, divisão de jogos eletrônicos da empresa, caiu 4% no período reportado.

Ainda assim, a receita trimestral da Microsoft teve avanço anual de 21%, a US$ 46,15 bilhões. CEO da empresa, Satya Nadella afirmou, em comunicado à imprensa, que os resultados mostram que a gigante de tecnologia é capaz de gerar crescimento quando “atende as variadas necessidades de consumidores em mercados grandes ou em desenvolvimento”.