Esportes

Com ‘hat-trick’ de Bale, Tottenham goleia lanterna e entra na briga pelo G4

Derrotado na final da Copa da Liga Inglesa e com comando interino após demissão do técnico português José Mourinho, o Tottenham ainda sonha em “salvar a temporada” na Inglaterra. Ir às competições europeias seria um prêmio de consolação após ótimo início no Campeonato Inglês e liderança por alguns jogos. Neste domingo, com “hat-trick” de Gareth Bale, fez 4 a 0 no lanterna Sheffield United, subindo para a quinta colocação.

A atual posição garante vaga na Liga Europa ao Tottenham. Com quatro rodadas pela frente, o time ainda sonha em buscar o Chelsea, com cinco pontos a mais, e se garantir na Liga dos Campeões da Europa. Para isso, a reta final tem de ser precisa.

Diante do frágil lanterna, o técnico interino Ryan Mason optou por esquema ofensivo e colocou Delle Ali e Bale na equipe titular. A dupla vinha sendo pouco aproveitada pelo treinador português e provou que merecia mais chances.

Sobretudo Bale. O camisa 9 brilhou no Tottenham Stadium, marcando belos gols. O primeiro, após passe por elevação de Aurier e toque sutil de pé esquerdo para encobrir o goleiro. Apesar da fragilidade do oponente, os mandantes não conseguiram ampliar antes do intervalo.

No segundo tempo, porém, buscou a vitória elástica a partir de um contragolpe. O Sheffield United cobrou o escanteio errado e pagou caro. Son, que já tinha um gol anulado na partida, arrancou e lançou para Bale, livre, mandar uma bomba no ângulo. Ele voltaria a marcar após bela jogada de Aurier e outro chute forte de fora da área.

Em um duelo com belíssimos gols, faltava o de Son. E o sul-coreano fechou a goleada com estilo. Driblou o marcador e mandou colocado, também de fora da área e no ângulo, levando o Tottenham aos 56 pontos, ultrapassando West Ham e Liverpool, ambos com um jogo a menos.

O Chelsea, principal alvo de quem sonha com a Liga dos Campeões, está com 61 pontos, pouco atrás do Leicester City, com 63. Para sonhar com algo maior que o quinto lugar, o Tottenham terá de ser perfeito contra Leeds United, Wolverhampton, Aston Villa e o próprio Leicester City.

Para cima