Paraná pode se tornar a terra do lúpulo no futuro

O Paraná, já conhecido como o maior produtor de cevada do Brasil, está pavimentando seu caminho para se tornar um grande produtor de lúpulo, um ingrediente vital para a fabricação de cerveja, reconhecido pelo seu papel essencial na criação do aroma e amargor da bebida. Com a iniciativa de produtores locais e o suporte de instituições acadêmicas como a Universidade Estadual de Londrina (UEL), o estado está expandindo sua contribuição para a indústria cervejeira.

-- 2 Notícia --

Em Araucária, região metropolitana de Curitiba, Josimar Cubis é um desses agricultores inovadores, com 400 plantas trepadeiras já crescendo em sua propriedade. Estes cultivos são um testemunho visual impressionante da possibilidade agrícola, subindo cinco metros em estruturas de arames reforçados, aproveitando ao máximo a luz solar para garantir um produto de qualidade.

Cubis, um empregado de indústria automobilística por dia e produtor rural por paixão, relata a jornada de cultivo do lúpulo iniciada com a aquisição de mudas da variedade Mantiqueira, uma espécie genuinamente brasileira desenvolvida pelo agrônomo Rodrigo Veraldi. Apesar dos desafios enfrentados, como condições climáticas adversas e pragas, Cubis destaca a importância de aprender com a prática e tem planos de expandir sua produção gradualmente.

-- 3 Notícia --

A pesquisa acadêmica desempenha um papel crucial na adaptação de novas variedades ao clima e ao solo paranaense. A UEL, em colaboração com a UFPR, está investigando quais tipos de lúpulo são mais propícios para cultivo na região, ampliando o espaço dedicado aos experimentos.

O professor Sérgio Ruffo, da UEL, enfatiza que os estudos têm mostrado resultados promissores e já se tornaram uma realidade concreta para o estado. Ele aponta para a necessidade de técnicas como a iluminação artificial para compensar as horas de luz natural que faltam no Brasil em comparação com os principais países produtores.

-- 4 Notícia --
lúpulo

A Aprolúpulo, Associação Brasileira de Lúpulo, destaca que o Brasil viu um salto na produção de lúpulo nos últimos anos, com 114 produtores em 2023 e um crescimento de 133% na área cultivada comparado ao ano anterior. No Paraná, há 16 produtores que estão começando a fazer seu nome no setor.

Com uma produção anual de cerca de 15,3 bilhões de litros de cerveja, o Brasil e, em particular, o Paraná, têm um papel relevante na indústria cervejeira. A variedade de produtos premiados das 161 cervejarias paranaenses indica a excelência e a diversidade que a região já oferece.

A importação de lúpulo ainda é significativa, revelando uma oportunidade para a indústria local de expandir e atender à demanda nacional. Os números indicam um crescente interesse dos produtores paranaenses no cultivo do lúpulo, apontando para um futuro em que o estado pode diminuir a dependência das importações e promover uma indústria cervejeira mais autossuficiente e criativa.

-- 5 Notícia --
você pode gostar também

Comentários estão fechados.