Pato Branco

Atividades nos polos esportivos seguem suspensas

Legenda: Município está elaborando protocolos sanitários para utilização dos espaços

Também está em análise um protocolo de intenções para renovação de uma parceria entre o Município e a União de Bairros para utilização dos espaços para atividades promovidas pela União e diretorias dos bairros. Segundo Zocche, a proposta está sendo analisada pelo setor jurídico para ajustes legais. O processo caminhou de forma mais lenta por conta das medidas preventivas de distanciamento social, tomadas por conta da pandemia de Covid-19, que restringiam a realização de atividades coletivas.

A presidente da União de Bairros, Mari Colla, afirma que, apesar de compreender a importância do uso desses espaços para as comunidades locais, o momento ainda exige paciência. “Nós estamos fazendo um trabalho de orientação, por conta da pandemia. A gente entende que as pessoas querem praticar esporte, mas no momento da pandemia que a gente vive nós precisamos também nos cuidar e cuidar de quem está perto da gente”, completou a presidente.

Segundo ela, a última parceria firmada entre o Município e a União permitia a utilização de 20 polos esportivos. De modo geral, os espaços são utilizados pela comunidade para eventos, ações esportivas e outras atividades, principalmente em horários em que os espaços não são utilizados pelos alunos das escolas municipais.

Por sua vez, as diretorias cuidam da limpeza e zelam pela manutenção do polo. Segundo Mari, não há lucro com a utilização do polo, e os poucos recursos eventualmente arrecadados são direcionados para a compra de materiais de limpeza e pequenos reparos.

União

Assim como praticamente a todas as entidades, empresas e organizações, a pandemia de covid-19 também afetou os projetos e ações realizadas pela União de Bairros. Por conta das medidas de distanciamento social, eventos como os campeonatos de futsal, macarronadas, brechós e a tradicional escolha da rainha dos bairros não foram realizados.

“Tínhamos dois campeonatos em andamento, que tivemos que parar. O baile da rainha, que é um grande evento da União de Bairros, enfim, as reuniões mensais nós evitamos”, listou a presidente da entidade.

As medidas também afetaram as eleições das diretorias dos bairros, que foram paralisadas para evitar aglomerações. “Já aguardamos até agora, a vacinação está avançando, então vale aguardar mais um pouquinho para estarmos fazendo as coisas com segurança”, opinou Mari.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima