Almanaque+

Em novo teste, motoristas de Uber poderão gravar vídeo das corridas em SP e BH

O aplicativo de transporte Uber anunciou nesta segunda-feira, 19, a expansão de seu piloto de gravação de vídeo durante viagens: agora, motoristas em São Paulo e Belo Horizonte poderão usar o recurso. Disponibilizada por meio de um app parceiro, a função permite que o motorista use a própria câmera do celular para gravar as corridas quando desejar.
O teste foi anunciado em fevereiro e começou em Aracaju (SE). Em um segundo momento, o piloto passou a funcionar em Campo Grande (MS), Natal (RN), Maceió (AL), Ribeirão Preto (SP), São José dos Campos (SP), Sorocaba (SP), Curitiba (PR), Goiânia (GO), Campinas (SP), Recife (PE) e Porto Alegre (RS).
O objetivo da ferramenta é levar mais segurança para as viagens. “Desde que o Uber definiu, em âmbito global, segurança como sua prioridade, temos continuamente buscado testar novas tecnologias que nos ajudem a avançar nesse tema”, disse a diretora-geral do Uber no Brasil, Claudia Woods, em comunicado. “Queremos entender se essa tecnologia de gravação de imagens pode contribuir para que motoristas parceiros e usuários tenham ainda mais tranquilidade, claro que sempre respeitando as normas de privacidade.”
Ainda não há previsão de lançamento definitivo do recurso. O Uber afirma que, se implementada, a ferramenta poderá ser usada por motoristas em qualquer cidade.
Privacidade
Quanto a preocupações de privacidade, o Uber explica que a gravação de vídeo permanecerá criptografada no celular, sem que ninguém possa acessá-la. Segundo a empresa, nem o próprio motorista poderá assistir ao vídeo, porque não terá a chave da criptografia.
Sobre o uso do app terceiro, o Uber diz que “a empresa parceira terá acesso apenas às informações básicas do usuário e data/horário da gravação, sem qualquer dado sobre usuários, pontos de embarque e desembarque, etc”.
No ano passado, o Uber lançou um recurso de gravação de áudio.
A função permite que, no fim da corrida, tanto o usuário quanto o motorista possam anexar o áudio na plataforma e relatar um problema para a empresa.
Para cima