Federação inglesa apoia Platini e fala em chance de fazer mudança positiva

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O presidente da Federação Inglesa de Futebol, Greg Dyke, informou na quarta-feira (29) que a entidade vai apoiar a candidatura de Michel Platini à presidência da Fifa.
O ex-jogador francês anunciou na quarta (30) que vai concorrer ao cargo. A eleição está marcada para 26 de fevereiro.
“Nós temos um bom relacionamento e esperamos que ele possa ganhar o apoio global necessário para liderar uma nova Fifa durante o período mais difícil da sua história”, disse Dyke em um comunicado.
“Com o vice da federação, David Gill, recém-nomeado para o Comitê Executivo da Fifa e o nível de escrutínio mundial sobre o processo de reforma, está aí a oportunidade de trazer mudanças positivas”, afirmou Dyke.
Platini enviou uma carta às 209 federações filiadas à Fifa e com direito a voto para manifestar o desejo de suceder o suíço Joseph Blatter, que decidiu deixar o cargo em meio ao escândalo de corrupção que levou à prisão de sete cartolas, entre eles o ex-presidente da CBF José Maria Marin.
“Nós estamos satisfeitos que Platini tenha decidido se candidatar e estamos ansiosos por apoiá-lo”, disse Dyke.
Nesta quinta-feira (30), o sul-coreano Chung Mong-joon também anunciou que vai concorrer à presidência da Fifa. Acionista majoritário da Hyundai, o empresário, 63, já foi vice-presidente da entidade.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima