Imagem de Robinho é pichada no CT do Santos após negociação frustrada

A ida de Robinho para o Atlético-MG gerou protestos da torcida santista. Duas imagens do atacante, ilustradas no muro do CT Rei Pelé, em Santos, foram pichadas na madrugada desta sexta-feira. O rosto do jogador foi coberto com tinta. Além disso, uma faixa com o termo “Mercenário” foi estendida no local onde Robinho pratica futevôlei, na cidade litorânea.

Os atos de vandalismo foram motivados pelo acerto do jogador o Atlético-MG nesta quinta-feira. O Santos tinha a intenção de contratá-lo novamente, mas as negociações não deram certo. Ainda nesta quinta, o clube divulgou uma nota desistindo oficialmente do negócio. Segundo a diretoria do Santos, a proposta do clube mineiro foi melhor que a santista.

As ilustrações no muro do CT prestam homenagens aos ídolos de diversos momentos da história do clube, de Pelé e Pepe a Neymar. Elas se tornaram um marco do local de treinamentos da equipe. Robinho ocupa posição de destaque por causa das conquistas em suas três passagens pelo clube (2000/2005, 2010 e 2014/2015). Ele foi campeão brasileiro duas vezes, uma da Copa do Brasil e de duas edições do Campeonato Paulista.

Robinho não é o primeiro ídolo santista a ser alvo de protesto depois de uma troca de clubes. Recentemente, a imagem do volante Arouca também foi atacada. No início de 2015, ele entrou na Justiça alegando salários atrasados e acabou sendo negociado com o Palmeiras. O rosto do meia Paulo Henrique Ganso, que se transferiu para o São Paulo em 2013, também foi pichada na época.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima