Bia Haddad e Teliana vencem e Brasil bate o Peru na estreia da Fed Cup

O Brasil estreou com vitória na Fed Cup. Jogando pelo Grupo I do zonal das Américas, a equipe brasileira passou com tranquilidade pelo Peru, nesta quarta-feira, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. Bia Haddad Maia e Teliana Pereira venceram suas partidas e mataram o confronto antes mesmo do jogo de duplas.

Diferente da Copa Davis, a Fed Cup tem confrontos de apenas três jogos (dois de simples e um de duplas), num mesmo dia. Cada país faz três confrontos na semana, numa sede única, pela fase de grupos. No Grupo I do zonal americano, os vencedores dos dois grupos se enfrentam para definir quem ganha a oportunidade de disputar a repescagem para o Grupo Mundial II, a segunda divisão da Fed Cup.

Na abertura da edição 2016 para o Brasil, Bia Haddad Maia, que abandonou os Jogos Pan-Americanos, em agosto, com lesão no ombro, e só voltou às quadras há duas semanas, venceu. Atual número 237 do ranking mundial, ela fez 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 7/6 (7/2) sobre Anastasia Iamachkine (sem ranking).

Na segunda partida do confronto, Teliana Pereira (44.ª) não teve dificuldades em vencer Dominique Schaefer (sem ranking), também por 2 a 0 (6/1 e 6/2). Além delas, a equipe capitaneada por Fernando Roese conta com Gabriela Cé e Paula Gonçalves.

Na quinta-feira, o Brasil é favorito contra a Argentina, que tem Maria Iriogoyen (199.ª do mundo) como melhor ranqueada. Depois, na sexta, joga diante do Equador, cuja equipe tem apenas uma atleta no ranking mundial, no 863.º lugar.

No outro grupo estão Paraguai, Colômbia, México e Bolívia. As colombianas seriam favoritas na chave, mas estão sem a única atletas do Top 800 do ranking: Mariana Duque (81.ª).

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima