Pato Branco

Pato Branco promove primeira feira de adoção de animais do ano

No último sábado (3) aconteceu a 20ª edição da Feira de Adoção de Cães e Gatos de Pato Branco, promovida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Foi a primeira feira do ano e 39 animais foram adotados.

As feiras de adoção de animais são realizadas em parceria com as ONGs (organizações não-governamentais) Alpapb (Associação Lima de Proteção aos Animais de Pato Branco), Anjos Protetores e É o Bicho.

Elas começaram a ser promovidas em 2013, de lá para cá já foram realizadas 20 edições e 657 animais adotados, sendo 618 adoções até o fim do ano passado. Em 2017 foram feitas 10 feiras, uma por mês, e 341 animais adotados, entre cães e gatos. Uma média de 34 animais por feira.

Em entrevista ao Diário do Sudoeste, no mês de dezembro, o secretário municipal de Meio Ambiente, Nelson Bertani, disse que todos os animais adotados através das feiras são monitorados pela Secretaria de Meio Ambiente e pelas ONGs de proteção de animais parceiras na ação.

Como adotar

Para adotar é preciso apresentar documentos de identidade e comprovante de residência, e preencher um documento se responsabilizando pelo animal.

Bertani destacou que ainda há muitos animais para serem adotados, principalmente porque muitos bichinhos são abandonados nas ruas, outros dão cria, e também ficam desamparados.

A expectativa da secretaria de Meio Ambiente é realizar uma feira de adoção de animais por mês. No entanto, quem quiser adotar um animal de estimação fora das feiras pode procurar uma das três ONGs parceiras: Alpapb (Associação Lima), Anjos Protetores e É o Bicho.

Porém, há uma vantagem adotar durante a feira de adoção: todos os animais são castrados e os que ainda não tem idade para isso, por serem muito jovens, são castrados futuramente. Essa medida é adotada com todos os animais que são colocados para adoção, explicou Bertani.

 

Clique para comentar
Para cima