Região

Município de Vitorino registra aumento no número de animais de rua

Nos últimos meses, Vitorino vem registrando um aumento no número de animais de rua. Isso porque muitos moradores do município estão abandonando seus animais ao darem crias, serem atropelados ou adoecerem.

De acordo com a presidente da Associação de Protetores de Animais de Vitorino (Apavi), essa situação de abandono passou a ser mais recorrente durante a pandemia. “O pessoal mais carente tem muitos animais que não tem castração e ai vem crias e aumenta a população de bichos. Eles [os donos] não conseguem alimentar esses animais e largam na rua”, explicou.

A associação, que está em processo de formação, não tem uma sede e por isso, em casos extremos, que exigem um cuidado maior, os animais são encaminhados a lares temporários, onde são acolhidos até ser adotados.

Atualmente, a Apavi conta com uma ajuda mensal de aproximadamente 50 voluntários. Cada um, participante do grupo dos associados, doa R$ 10 por mês para ajudar em medicação, internamentos e alimentação.

Aceitam-se doações

No momento, o maior problema enfrentado pela associação é conseguir alimentar todos os animais de rua com ração. Pois, como conta Denise, são muitos locais para fornecer alimento, tanto em áreas dentro do município como no assentamento na rodovia a poucos quilômetros de Vitorino.

Diante disso, a associação tem solicitado a população que, se quiser ajudar na causa, auxilie com doação de ração ou com quantias em dinheiro, que são destinadas tanto para a alimentação quanto para o pagamento dos procedimentos veterinários.

Como ainda estão em formação, a Apavi não tem conta-corrente, mas possui o PIX 49991647019, onde todo dinheiro depositado cairá diretamente na conta da veterinária que cuida dos animais.

Como adotar

Os animais disponíveis para adoção em Vitorino podem ser vistos em publicações na página Protetores de Animais Vitorino, no Facebook. Pela rede social, é possível fazer a solicitação de adoção. Outra maneira para entrar em contato com a associação é com a Denise, pelo número (46) 99117-3230.

Denise explica que antes de entregar o animal ao futuro dono, é feito uma entrevista para verificar se a pessoa cuidará do bichinho.

Programa de Castrações

Na quarta-feira (17), o prefeito de Vitorino, Marciano Vottri, oficializou o pedido de inclusão do Município de Vitorino no Programa Permanente de Esterilização de Cães e Gatos, promovido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo.

Para efetivar a participação no programa, dois concursados do município devem fazer um curso online sobre maus tratos. Em Vitorino, Denise e o secretário de Agricultura, Interior e Meio Ambiente, Fernando Fávero, que é médico veterinário, participarão da capacitação. Além deles, outros voluntários já se dispuseram a comparecer também.

Como a entrada no programa pode demorar, Apavi está organizando uma parceria com a Faculdade Mater Dei, que já possui um programa de castração.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima